Topo

Testes e lançamentos


Ford Escape híbrido está perto do Brasil; Mustang Mach-E ainda não tem data

Escape híbrido plug-in estreia nos EUA só em 2020 e está cotado para o Brasil - Divulgação
Escape híbrido plug-in estreia nos EUA só em 2020 e está cotado para o Brasil
Imagem: Divulgação

Vitor Matsubara

Do UOL, em Los Angeles (EUA)

20/11/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Versão híbrida plug-in tem potência combinada de 212 cv
  • SUV ocuparia degrau intermediário entre Territory e Edge
  • Mach-E também pode pintar no Brasil, mas ainda sem data definida

A Ford pretende concentrar seus esforços em SUVs e picapes na tentativa de ganhar terreno em todos os mercados onde atua. O Brasil não é exceção, tanto é que a empresa se mexe para tentar lançar o Escape híbrido plug-in no país.

A nova versão eletrificada do SUV ainda nem começou a ser vendida oficialmente nos Estados Unidos. Apenas em 2020 é que os norte-americanos poderão comprá-lo.

O modelo terá uma bateria de 14,4 kWh recarregável em qualquer tomada. Com isso, a potência combinada chega a 212 cv. Existe ainda um modo de condução inteligente no qual o próprio carro "escolhe" se vai rodar com gasolina ou eletricidade, analisando a melhor opção de acordo com a energia disponível na bateria.

Por ora, a Ford vende apenas o Escape híbrido em sua terra natal. Esta versão conta com dois motores elétricos e o motor 2.5 de ciclo Atkinson, que entregam a potência máxima de 202 cv.

Escape seria "degrau intermediário" no Brasil

SUV foi revelado nos Estados Unidos no 1º trimestre do ano - Divulgação
SUV foi revelado nos Estados Unidos no 1º trimestre do ano
Imagem: Divulgação

O Escape foi revelado nos EUA no começo deste ano. Com 4,58 metros de comprimento e 2,71 metros de distância entre eixos, o SUV tem o mesmo porte do Territory - modelo este já confirmado para o nosso mercado em 2020.

Caso realmente seja importado para o Brasil, o Escape ocuparia uma faixa intermediária na gama de SUVs da Ford, entre o Territory e o Edge. Além disso, a versão híbrida também substituiria o Fusion Hybrid, cujo futuro ainda é incerto.

Mach-E vem?

Já o Mustang Mach-E é um desejo da fabricante, mas ainda não se sabe nem se isso será possível. Por enquanto, a empresa diz apenas que está trabalhando para isso.

Mach-E será vendido em vários mercados - e o Brasil pode ser um deles - Divulgação
Mach-E será vendido em vários mercados - e o Brasil pode ser um deles
Imagem: Divulgação

Importante lembrar que executivos da Ford norte-americana frisaram a todo momento que o Mach-E não é um carro feito exclusivamente para os Estados Unidos. A intenção seria elaborar uma estratégia semelhante a do Mustang cupê, que atualmente é vendido na maioria dos países onde a Ford está estabelecida.

Testes e lançamentos