Topo

Seu Automóvel


Seu Automóvel

Pintura do automóvel: agora você paga até pelas cores sólidas

Fiat Argo na cor branca sólida cobra R$ 800 adicionais para clientes pessoa física; pintura grátis, somente a preta sólida - Divulgação
Fiat Argo na cor branca sólida cobra R$ 800 adicionais para clientes pessoa física; pintura grátis, somente a preta sólida
Imagem: Divulgação

Alessandro Reis

Do UOL, em São Paulo (SP)

11/11/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Oferta de cores sólidas tem sido reduzida com o passar dos anos
  • Algumas pinturas sólidas trazem custo adicional, dependendo da marca
  • Chevrolet Onix Plus com pintura branca sólida fica R$ 750 mais caro
  • Muitas marcas oferecem apenas a cor preta sem cobrar a mais
  • Preços citados estão disponíveis no configurador das montadoras
  • Valores são para clientes pessoa física

Há alguns anos, comprar carro zero-quilômetro com pintura sólida dificilmente trazia custo extra ao consumidor. Apenas cores metálicas, perolizadas ou com outro acabamento diferenciado exigiam gastar mais.

Hoje a história é outra. Virou tendência ter à disposição no máximo duas alternativas de cor "grátis", quase sempre sólida e na tonalidade preta. Há muitas marcas, inclusive, que cobram a mais se você escolher a cor branca ou outras opções sólidas.

Os preços que você confere abaixo são referentes à versão básica dos veículos mencionados, com base no configurador da respectiva montadora e para clientes pessoa física. Os valores podem variar de acordo com a opção de acabamento e também se a venda for direta - que inclui taxistas, frotistas e clientes PCD (pessoas com deficiência).

O Fiat Argo é um exemplo dessa tendência. A única cor gratuita é a preta sólida, enquanto as tonalidades branca e vermelha, as outras disponíveis com esse acabamento, requerem desembolsar mais R$ 800. As variantes de cor metálicas e perolizada cobram, respectivamente, R$ 2.000 e R$ 2,3 mil extras.

Gastar mais para adquirir um automóvel com pintura branca sólida não é exclusividade do hatch da Fiat. O Ford Ka Sedan com essa cor, por exemplo, fica R$ 600 mais caro. O sedã compacto tem duas outras cores sólidas que não elevam o preço de tabela: vermelha e preta.

Pintura azul metálica do T-Cross da foto custa R$ 1,4 mil; apenas a tonalidade preta sólida não tem custo extra - Murilo Góes/UOL
Pintura azul metálica do T-Cross da foto custa R$ 1,4 mil; apenas a tonalidade preta sólida não tem custo extra
Imagem: Murilo Góes/UOL

A situação é a mesma com Renegade e T-Cross. Levar para a garagem os SUVs com pintura branca sólida requer o desembolso de R$ 750 para o Jeep e de R$ 590 para o Volkswagen. Cor grátis, no caso dos utilitários esportivos, só escolhendo vermelho para o Renegade e preto para o T-Cross.

Murilo Góes/UOL
Imagem: Murilo Góes/UOL

Por outro lado, outras marcas incluem a tonalidade branca sólida no repertório de cores "na faixa". O novo Hyundai HB20 é vendido sem acréscimo no preço se a pintura for branca ou preta. Já o Toyota Corolla 2020 só não cobra pela opção branca.

Dependendo do carro, curiosamente, a cor metálica sai "grátis" e a sólida eleva o preço final. O Chevrolet Onix Plus não cobra pela preta metálica, enquanto a única opção sólida é a branca e custa R$ 750.

O sedã também tem à disposição as cores vermelha e prata, ambas metálicas, por R$ 1.590.

Marcas de luxo

Todas as cinco cores disponíveis para o GLA no configurador da Mercedes-Benz não trazem custo adicional - Divulgação
Todas as cinco cores disponíveis para o GLA no configurador da Mercedes-Benz não trazem custo adicional
Imagem: Divulgação

Por fim, quando a etiqueta do carro sobe, cores especiais nem sempre fazem você mexer no bolso. O Mercedes-Benz GLA 200 ff Style demonstra isso: a pintura branca, única sólida à disposição, não traz custo extra. O mesmo se aplica às outras quatro opções de cor, todas metálicas.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

Seu Automóvel