Topo

Na Garagem


Finalmente sai o vídeo da batida de Barrichello com Lamborghini; assista

Barrichello bateu raríssimo Lamborghini Gallardo Super Trofeo no canal "Acelerados" - Reprodução
Barrichello bateu raríssimo Lamborghini Gallardo Super Trofeo no canal "Acelerados" Imagem: Reprodução

Do UOL

Em São Paulo (SP)

03/09/2019 12h20

Aconteceu em fevereiro deste ano, mas só teve o vídeo divulgado na última segunda-feira. O especial de um milhão de inscritos do canal Acelerados, que tem como estrela o ex-piloto de Fórmula 1 Rubens Barrichello, terminou mal quando o mesmo acabou batendo uma Lamborghini Gallardo Super Trofeo no guard-rail do autódromo Velocittà, em Mogi-Guaçu, interior de São Paulo.

O carro é avaliado em R$ 1,7 milhão e teve apenas 150 exemplares produzidos.

Na época, muitos boatos sobre o acidente foram veiculados nas redes sociais. Barrichello postou em seu Instagram um vídeo poucos dias depois perguntando se seus fãs gostariam de ver o vídeo da pancada. No entanto, após isso o canal manteve o silêncio. Até agora.

Na ocasião do acidente, a polêmica aumentou ainda mais por conta dos custos do reparo do Gallardo danificado por Rubinho, inicialmente orçados em cerca de R$ 700 mil e que renderam reclamações do proprietário que chegaram a cair na internet. O dono do carrão cobrou o canal para arcar com o conserto.

De fato, no vídeo o pessoal do "Acelerados" promete uma sequência, com o Lamborghini chegando a uma oficina para ser reparado.

Segundo o atual piloto de Stock Car, os freios superaqueceram e fizeram com que o pedal não agisse de maneira esperada quando acionado.

"Você vê que na subida eu dou uma 'bombadinha' no freio, porque ele já estava um pouco baixo na curva anterior", falou Barrichello sobre o acidente.

"Mas a curva anterior não tem uma desaceleração muito grande. Quando piso, o pedal começa a descer, não tem a desaceleração. Então, o fluído (de freio) na minha opinião estava superaquecido. Não desacelerou nada."

Barrichello também disse que fez questão de tranquilizar sua produção após o ocorrido e que o canal mudou procedimentos de gravação após a batida.

"Foi uma situação atípica", disse.

"No evento eu chamei todo mundo da nossa produção para agradecer, porque a gente bate e aí fica aquele clima para baixo. E eu não acredito nisso. Quis agradecer a todos, porque estava todo mundo são e salvo. Podíamos ter um dos nossos fotógrafos do outro lado do guard-rail tirando uma foto. Até mudamos muitos conceitos pelo aprendizado de lá."

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

Na Garagem