Topo

Na Garagem


Bugatti Chiron chega a 490 km/h e bate recorde mundial de velocidade; veja

Bugatti Chiron bate recorde de velocidade para veículo homologado para as ruas - Divulgação
Bugatti Chiron bate recorde de velocidade para veículo homologado para as ruas Imagem: Divulgação

Do UOL

Em São Paulo (SP)

02/09/2019 11h08

A Bugatti mais uma vez quebrou o recorde de velocidade de um veículo homologado para andar nas ruas. A fabricante francesa, utilizando o Chiron na pista de testes do Grupo Volkwagen, na Alemanha, passou das míticas 300 milhas por hora, cravando 304,77 milhas/h.

Convertendo para quilômetros, a velocidade máxima atingida foi de 490,48 km/h. Com isso, o Chiron ao mesmo tempo ultrapassou a barreira das 300 milhas por hora e conquistou o recorde de veículo produzido em série mais veloz do planeta - superando rivais como SSC Ultimate Aero (que fez 412 km/h, em 2007), o Hennessey Venom GT (434 km/h, em 2013) e o Koenigsegg Agera RS (457 km/h, em 2017).

O recorde, obtido com o Andy Wallace, plioto de testes da marca, é fruto de um trabalho intenso e secreto da Bugatti nos últimos seis meses ao lado da Michelin e da Dallara para criar uma nova versão do Chiron que pudesse passar das 300 milhas por hora. A fabricante de pneus fez compostos especiais para o recorde, enquanto o chassi, 25 cm maior, traz pequenas alterações na parte traseira para reduzir o arrasto do modelo.

Com tração nas quatro rodas, o Chiron também recebeu um upgrade no motor 8.0 W16 sobrealimentado com quatro turbos, cuja potência subiu dos 1.500 cv padrão para 1.600 cv de potência. De acordo com a fabricante, trata-se de uma nova versão do superesportivo francês.

Falando ao programa britânico "Top Gear", Stephan Winkelmann, presidente da Bugatti, disse que esta será a última tentativa de recorde de velocidade promovida pela montadora.

"Mostramos várias vezes que construímos os carros mais rápidos do mundo. No futuro, focaremos em outras áreas", disse Winkelmann.

A Bugatti dedicou o recorde a Ferdinand Piëch, ex-presidente da Volkswagen, morto na última semana aos 82 anos de idade. Ele foi o responsável pela aquisição da Bugatti para o Grupo VW.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.