Topo

Testes e lançamentos


Testamos: Macan é o Porsche mais "barato" e um ótimo SUV de luxo

Vitor Matsubara*

Do UOL, em São Paulo (SP)

02/09/2019 07h00

Resumo da notícia

  • Versão de entrada do SUV tem 252 cv e garante diversão ao volante
  • Macan é um legítimo Porsche, principalmente no prazer ao dirigir
  • Modelo mais vendido da marca, carro é um dos melhores SUVs de luxo do mercado

Pagar R$ 329 mil em um carro não pode ser uma pechincha. Mas também está longe de ser um mau negócio se ele for o Porsche Macan. Além de ser a porta de entrada para uma das marcas mais prestigiadas do mundo, ele é um dos melhores SUVs de luxo da categoria à venda no país.

Pelo visto muita gente concorda comigo. O Macan foi o modelo mais vendido da Porsche em 2018, acumulando 86.031 veículos no mundo. Fora ser uma façanha e tanto, o resultado prova que os alemães estavam certos quando apostaram nos SUVs como salvação para o futuro da marca - para desprezo dos puristas.

Antes que você diga que o Macan não é um Porsche de verdade, saiba que achava a mesma coisa até passar alguns dias na companhia do SUV. Provavelmente você mudará de opinião quando tiver a chance de dirigir um.

O carro já é divertido mesmo na configuração de entrada, que traz um motor 2.0 turbo de 252 cv. É claro que quem procura esportividade deve escolher as versões mais esportivas, como a Turbo S. Só que aí também precisa de uma conta bancária mais generosa - e é aí que o Macan também se destaca.

Na estica

O Macan foi lançado em 2014 e reestilizado quatro anos depois. O novo visual surgiu no Brasil no último Salão do Automóvel de São Paulo, em 2018, e só agora chegou às lojas. A maior mudança aconteceu na traseira, que ganhou um filete horizontal de LEDs unindo as lanternas - marca registrada dos últimos modelos da Porsche. Fica bonito no 911 e bacana no Cayenne, mas parece que feito sob medida para o Macan.

Dianteira também mudou, ganhando uma nova grade; estilo ainda é atual - Marcos Camargo/UOL
Dianteira também mudou, ganhando uma nova grade; estilo ainda é atual
Imagem: Marcos Camargo/UOL

Houve mudanças também na dianteira, que traz uma nova grade e faróis de LED com o sistema Porsche Dynamic Light System Plus, que administra a distribuição da luz. Caso você queira chamar ainda mais atenção pode encomendar o Macan em uma das cores especiais, como a Miami Blue da unidade avaliada por UOL Carros. Prepare-se apenas para desembolsar mais de R$ 12 mil.

Por dentro, a alteração mais significativa foi também a mais importante: a central multimídia com tela de 10,9 polegadas facilitou totalmente a vida do condutor, que agora tem as principais funções do veículo agrupadas no PCM (Porsche Communication Management). Extremamente responsivo ao toque dos dedos, o sistema é intuitivo e possui menus fáceis de entender.

Tela de 10,9 polegadas é grande novidade na cabine do Macan - Marcos Camargo/UOL
Tela de 10,9 polegadas é grande novidade na cabine do Macan
Imagem: Marcos Camargo/UOL

Só que nem tudo é perfeito: a quantidade absurda de botões espalhados pelo console central e até no teto demandam boas horas mergulhado no manual de instruções para localizar cada função.

Quer um exemplo? Demorei um dia para descobrir onde fica o botão para desativar os vários sensores de aproximação, que apitam enlouquecidamente cada vez que uma moto ou pedestre se aproxima do carro. Dica para que você não passe pelo mesmo perrengue: ele está ao lado dos comandos do teto solar panorâmico.

Divertido? Com certeza

Os bancos são muito confortáveis e a posição de dirigir é elogiável. Embora seja alta como em um SUV, logo você se sente à vontade, como estaria em um 911. O volante (que é o mesmo do seu irmão mais famoso) tem ótima empunhadura e parece que foi feito no molde das suas mãos. O corpo fica bem apoiado no banco e o motorista tem boa visibilidade dos arredores.

O painel segue a tradicional combinação de mostradores da Porsche: conta-giros no centro e velocímetro à esquerda. Do lado direito fica uma tela personalizável que pode exibir informações do computador de bordo, a faixa do sistema de áudio ou até o mapa do GPS.

Mesmo sem ser a versão de entrada da gama, o Macan não decepciona quem gosta de acelerar. Dados de fábrica indicam 6,7 segundos para ir de 0 a 100 km/h e velocidade máxima de 227 km/h. Lógico que quem procura exclusivamente desempenho deve escolher a versão S de 354 cv ou então aguardar pela versão Turbo, que acaba de ser revelada na Europa com o motor 2.9 V6 biturbo de 440 cv, que já equipa Panamera e Cayenne.

Filete unindo as lanternas na traseira é nova identidade visual da Porsche - Marcos Camargo/UOL
Filete unindo as lanternas na traseira é nova identidade visual da Porsche
Imagem: Marcos Camargo/UOL

Basta girar a chave (à esquerda do volante, claro) para o som rouco típico dos Porsches vir à tona, ainda que de forma mais comedida. Feitas as apresentações, o Macan se mostra pacato quando você não quer andar rápido - característica que é comum à maioria das versões mais pacatas dos modelos da marca.

Mas não me entenda mal: é só pisar mais fundo que você terá exatamente o que deseja. Aí o Macan nos lembra de suas raízes, especialmente se você selecionar o modo de condução Sport Plus, no qual o veículo é todo configurado para uma direção mais esportiva.

Versão de entrada do Macan custa R$ 329 mil - Marcos Camargo/UOL
Versão de entrada do Macan custa R$ 329 mil
Imagem: Marcos Camargo/UOL

Porém, alguns compradores desta versão podem nem ligar para esportividade. Se esse é o seu caso saiba que, além de bonito, o Macan também é espaçoso. São 488 litros de capacidade no porta-malas e bom espaço para todos os ocupantes, com exceção do quinto passageiro, que sofre com a altura do túnel central no banco de trás.

São justamente os outros atributos que fazem o Macan ser um dos melhores SUVs de luxo do Brasil. Quem não se importa tanto com o passado da marca vai encontrar um utilitário esportivo estiloso, confortável e bem equipado. Caso você seja um "porscheiro" de carteirinha, fique tranquilo: o Macan é um legítimo Porsche. Só que no formato de SUV.

* Agradecimento: Rusty Barn

Testes e lançamentos