Topo

Cultura do carro


Polícia Civil fecha fábrica que falsificava Ferrari e Lamborghini em SC

Denúncia foi feita por representantes das marcas italianas no país - Divulgação/Polícia Civil
Denúncia foi feita por representantes das marcas italianas no país
Imagem: Divulgação/Polícia Civil

Do UOL, em São Paulo (SP)

15/07/2019 21h48

Resumo da notícia

  • Autoridades apreenderam oito veículos no local
  • Carros eram anunciados nas redes sociais por até R$ 250 mil
  • Fábrica é principal falsificadora das marcas no Brasil

A Polícia Civil de Santa Catarina descobriu uma fábrica que produzia réplicas de superesportivos em Itajaí (SC). Foram apreendidas oito réplicas de modelos de Ferrari e Lamborghini, além de chassis, moldes, ferramentas e fibras.

Imagens mostram reproduções de uma Lamborghini Huracán, mas a empresa também reproduzia modelos da Ferrari. Os veículos eram feitos sob encomenda e anunciados nas redes sociais. As réplicas eram vendidas por preços entre R$ 180 mil e R$ 250 mil, aproximadamente 8% do valor dos modelos originais - que variam de R$ 1,5 milhão a R$ 3 milhões.

As investigações foram coordenadas pelo Delegado Angelo Fragelli após denúncias de representantes das próprias marcas. Os donos do local (que são pai e filho) foram ouvidos e serão indiciados por crime contra a propriedade industrial.

Eles são considerados os principais falsificadores das marcas no Brasil e comercializavam veículos para todo o país.

Mais Cultura do carro