Topo

Testes e lançamentos


Duelo: Jeep Renegade, líder de SUVs, encara o novato VW T-Cross; assista

Siga o UOL Carros no

Vitor Matsubara, João Anacleto

Do UOL, em São Paulo (SP)

24/05/2019 07h00

Resumo da notícia

  • Renegade emplacou 21.383 unidades até abril
  • T-Cross é estreante: em dois meses, fez 10% do total acima
  • Economia de combustível, desempenho e tecnologia são trunfos do VW
  • Jeep tem boa estratégia de vendas, preço e histórico a seu favor

O novo SUV da Volkswagen estreou tímido. Abril foi o primeiro mês "cheio" de vendas do T-Cross e ele alcançou apenas 1.859 novos donos, o que lhe rendeu apenas o nono posto entre os utilitários mais vendidos do mês passado. A rede cheia das versões mais caras, Highline de R$ 109.990 e a First Edition, de R$ 117.490, ambas com motor 1.4 TSI de sobrenome 250 TSI podem explicar o fato. Enquanto maio não acaba, o cenário é um tanto cruel. O Jeep Renegade, líder de vendas no ano emplacou 5.714 unidades o que o levou à lista de 10 mais vendidos do país em abril, com a oitava colocação. No acumulado, então, a diferença é maior: o VW fez 10% das 22,3 mil unidades do Jeep. Mas a diferença deve cair.

Isso porque a rede VW já está recheada das opções mais baratas, entre elas a 200TSI, que parte de R$ 84.990, dotada de motor 1.0 turbo, o 200 TSI emprestado da dupla Polo e Virtus que rende até 128 cv com etanol, com câmbio manual, e R$ 94.990 com a transmissão automática de seis marchas, a que se julga mais vantajosa quando se alia o bolso do comprador e o conforto a bordo. Como ainda não há provas da aceitação pelo público, antecipamos o embate entre ele e o Jeep Renegade, igualmente representado pela sua versão mais vantajosa para montar mais um duelo.

O que eles oferecem

O líder de vendas na opção Sport, dotada de motor 1.8 16V aspirado de até 139 cv, tem preço inicial de R$ 79.990, com transmissão manual, e R$ 85.990 com câmbio automático de seis marchas. A clara vantagem inicial, de R$ 9 mil reais se esvai quando comparamos a convivência e até o pacote de manutenções. Com ambos abastecidos com etanol, segundo o Inmetro, a média do Jeep não passa dos 7,9 km/l, enquanto no T-Cross a média sobe para 8,5 km/l. O VW também ajuda a economizar na hora das revisões. Até os 30.000 km você não paga nada, enquanto a Jeep cobra R$ 2.048 pelas três primeiras manutenções até os 36.000 km (a cada 12.000 km).

Já o desenho carismático do Renegade e seu acabamento mais refinado contaram pontos a favor, ainda que quando você compare o nível de equipamentos, ele só traga a mais o freio de mão com acionamento eletrônico e rodas maiores, de 17", contra de 16" do rival.

O T-Cross tem bom espaço interno, especialmente no banco de trás, um porta-malas com 373 litros (que pode chegar a 420 litros, se tornando até 100 litros maior que o do rival) e uma central multimídia mais avançada, já de série. Isso sem falar dos seis airbags desde a versão de entrada.

Em desempenho, os 1.448 kg do Jeep o tornam lento tanto em acelerações quanto em retomadas. O torque máximo de 19,2 kgfm chega a apenas 3.750 rpm, o que dá uma sensação nítida de que você está forçando o carro quando precisa de potência. No VW, a união do turbocompressor com o pequeno 1.0 de três cilindros entrega 20,4 kgfm a apenas 2.000 rpm, e ele fica encarregado de puxar apenas 1.252 kg, quase 200 kg a menos do que no Renegade. A sensação ao guiar é de eficiência, leveza e até, com boa vontade, uma pontinha de esportividade.

Mas no final das contas, quem leva a melhor? Isso você vê no vídeo!

Ficha técnica

Volkswagen T-Cross 200 TSI
Motor: EA211, 1.0 turboflex, três cilindros
Potência: 116/128 cavalos (gasolina/etanol), a 5.500 giros
Torque: 20,4 kgfm (gasolina/etanol), a 2.000 giros
Câmbio: manual, 6 marchas; automático, 6 marchas (Tiptronic)
Velocidade máxima: 185 km/h
0-100 km/h: 10,5 s
Dimensões: 4,20 m de comprimento, 2,65 m de entre-eixos
Porta-malas: 373 litros
Peso: 1.210 kg
Preço: R$ 84.990 a R$ 99.990

Jeep Renegade Sport Flex
Motor: E-torq, 1.8 flex, quatro cilindros
Potência: 135/139 cavalos (gasolina/etanol), a 5.750 giros
Torque: 18,7/19,2 kgfm (gasolina/etanol), a 3.750 giros
Câmbio: manual, 5 marchas; automático, 6 marchas
Velocidade máxima: 183 km/h (etanol)
0-100 km/h: 11,9 s (etanol)
Dimensões: 4,23 m de comprimento, 2,57 m de entre-eixos
Porta-malas: 320 litros
Peso: 1.413 kg
Preço: R$ 79.990 a R$ 85.990

Você concorda com a vitória do Volkswagen T-Cross?

Resultado parcial

Total de 7793 votos
62,47%
37,53%
Total de 7793 votos
Errata: o texto foi atualizado
O câmbio automático do VW T-Cross tem seis marchas, e não cinco, como informado anteriormente. Informação corrigida.

Mais Testes e lançamentos