PUBLICIDADE
Topo

Volvo XC40 T4 chega ao Brasil por R$ 169.950

XC40 T4 chega às lojas nos próximos dias e complementa a linha 2019 do SUV compacto da Volvo - João Mantovani/Divulgação
XC40 T4 chega às lojas nos próximos dias e complementa a linha 2019 do SUV compacto da Volvo
Imagem: João Mantovani/Divulgação

André Deliberato

Do UOL, em São Paulo (SP)

26/07/2018 15h49

Versão de entrada do SUV compacto estreia e passa a ser o carro mais barato do país com tecnologias semi-autônomas de condução

A Volvo começou a vender nos últimos dias a versão de entrada do Volvo XC40, chamada T4, anunciada na estreia do modelo no Brasil, em abril. O preço é o mesmo divulgado na época, de R$ 169.950.

Como em algumas regiões há fila de espera para o modelo até o final do ano, somente neste começo de segundo semestre foi possível iniciar as entregas da configuração mais barata.

O carro traz uma série de equipamentos como item de série (confira abaixo) e conta com apenas um opcional: o sistema Pilot Assist (assistente de condução semi-autônoma que inclui permanência em faixa, manutenção de distância para o veículo à frente e leitura de placas), por R$ 5 mil.

Dessa forma, por R$ 174.950 ele passa a ser o carro mais barato do país com tecnologias semi-autônomas de condução.

Veja mais

+ Perua V60 chega no fim do ano "por questão de honra"
+ Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe
+ Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
+ Instagram oficial de UOL Carros
+ Siga UOL Carros no Twitter

Volvo XC40 T4 2019 de traseira - João Mantovani/Divulgação - João Mantovani/Divulgação
Versão T4 tem rodas de 18 polegadas, menores que das outras versões, mas faróis e lanternas são full-LED
Imagem: João Mantovani/Divulgação

Motor 2.0 mais fraco

O XC40 T4 usa o mesmo motor Drive-E, de 2 litros e quatro cilindros em linha, com turbocompressor, das versões mais caras, mas com 190 hp de potência (193 cavalos) e 30,6 kgfm de torque -- nas versões Momentum e R-Design são 252 cv e 35,7 kgfm. Acompanhando o motor está a caixa de câmbio automática Geartronic, de 8 marchas.

Em números, a nova versão de entrada do utilitário chega a 210 km/h e faz o 0 a 100 km/h em 8,4 segundos.

Entre os itens que são de série no modelo estão faróis e lanternas full-LED; faróis de neblina; sete airbags; rodas de liga leve aro 18; controle de tração e estabilidade; sistema de frenagem automática emergencial; alertas de mudança de faixa, de tráfego de "condução inconsistente" (um sistema que percebe quando o motorista está controlando o volante com menos firmeza, seja por fadiga ou distração); controle de cruzeiro; assistentes de partida em rampas e de controle de velocidade em descidas; assistente de proteção contra saída da pista; quadro de instrumentos com tela 100% digital (TFT) de 12,3 polegadas; sistema de áudio de 80 Watts com central multimídia Sensus, que tem tela tátil de 9 polegadas, projeção de celulares (Apple e Android), três entradas USB, Bluetooth, comando de voz e serviço de concierge Volvo on Call; volante multifuncional; ar-condicionado digital; faróis e limpadores de para-brisa com acionamento automático; sensores traseiros de estacionamento; acabamento interior em couro; banco do motorista com regulagem elétrica e memorizador e barras longitudinais de teto.

Segundo a Volvo, a configuração de entrada T4 chega para "completar a linha 2019 do utilitário". Ele é o primeiro modelo da marca a utilizar a nova plataforma modular da Volvo (CMA, de Compact Modular Arquitecture), que será a base dos futuros veículos da série 40, incluindo carros totalmente eletrificados.

Além da nova oferta de versão, a Volvo passa a oferecer serviço de revisões com preços fixos até 150 mil km e garantia estendida de até quatro anos -- a garantia convencional do XC40 é de dois anos.

Volvo XC40 T4 2019 interior - João Mantovani/Divulgação  - João Mantovani/Divulgação
Revestimento do interior do XC40 T4 é sempre em tons de preto, assim como o couro dos bancos
Imagem: João Mantovani/Divulgação