PUBLICIDADE
Topo

Veja 5 dicas para começar a pedalar e usar a bike como meio de transporte

Qualidade de vida: a bicicleta como meio de transporte ajuda em muitos aspectos - Eduardo Knapp/Folhapress
Qualidade de vida: a bicicleta como meio de transporte ajuda em muitos aspectos Imagem: Eduardo Knapp/Folhapress
Diego Salgado

Repórter do UOL desde 2015, com passagens por Estadão e Portal 2014. Ciclista há 20 anos na cidade de São Paulo, já pedalou por 10 países e atravessou sozinho a América do Sul e a Europa. A Oceania é o próximo desafio.

28/02/2020 04h00

Em junho de 2001, quase dois anos depois de começar a usar a bicicleta de forma tímida pelas ruas do bairro do Butantã, zona oeste de São Paulo, decidi usá-la como meio de transporte. O motivo? Falta de dinheiro para o ônibus.

Àquela altura, eu trabalhava em uma lanchonete localizada a cinco quilômetros da minha casa. O salário era baixíssimo, e o vale-transporte era depositado em dinheiro na conta. Com o valor, meus vencimentos ficavam 30% maior, passando de R$ 210 para R$ 280. Diante do cenário, tornei a bike uma companheira diária.

Os quilômetros daquele primeiro trajeto ficaram escassos anos depois, mas voltaram com ainda mais força há cinco anos. Hoje, eu pedalo cerca de 400 quilômetros por mês pelas ruas de São Paulo, faça chuva ou sol.

Com a experiência adquirida ao longo dos últimos 20 anos, darei cinco dicas às pessoas que sonham em tornar a bicicleta seu meio de transporte. Veja:

1) Incorpore aos poucos a bicicleta no seu cotidiano

Mude seus hábitos gradativamente. Por exemplo, use a bicicleta para as atividades no seu bairro, como ir ao mercado, à padaria, à academia. Experimente, semanas depois, utilizá-la para ir ao metrô, como parte do seu trajeto ao trabalho, recorrendo a estacionamentos próximos às estações.

2) Saia para pedalar em dias ensolarados e tranquilos

É importante que você se sinta bem em cima da bike antes de ganhar as ruas de vez. Um modo de alcançar isso é encontrar lugares agradáveis para pedalar, com os parques, por exemplo. Os dias de sol também ajudarão. Será uma espécie de treino.

3) Chame os amigos

É claro que você precisará de uma experiência noturna nesse processo. Que tal reunir os amigos para um trajeto em conjunto? É possível ainda trocar ideias e dicas. O aprendizado, garanto, será imenso.

4) Aproveite as ciclovias, pense num trajeto e execute

Sabe aquele compromisso de fim de semana em que você opta pelo transporte público ou o aplicativo de carona? Tente fazer o seguinte: trace uma rota no mapa. Escolha um trajeto sem tantas subidas e com o maior número de ciclovias possível. Aproveite as ruas mais vazias e vá em frente.

5) Estipule uma meta mensal

O último passo é incorporá-la aos poucos no trajeto até seu trabalho. Trace uma meta. Um exemplo: quando retomei o hábito de pedalar, tentava usar a bicicleta pelo menos três vezes por semana. E tentava cumprir mesmo com dificuldade. É questão de tempo para a bike ser sua companheira de todos os dias.