PUBLICIDADE
Topo

Infomoto

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Novo espelho retrovisor promete dar "asas" a motos esportivas; conheça

Arthur Caldeira

Arthur Caldeira, jornalista e motociclista (necessariamente nessa ordem) fundador da Agência INFOMOTO. Mesmo cansado de ouvir que é "louco", anda de moto todos os dias no caótico trânsito de São Paulo.

Colunista do UOL

25/04/2021 04h00

Criadas nas pistas de MotoGP, as "asas" também viraram moda entre as motos esportivas de rua. A Ducati foi a primeira a adotar as winglets (asinhas, em inglês) em 2010 e vem liderando as transformações aerodinâmicas desde então - e foi seguida por praticamente todas as outras equipes da categoria. Tanto que a mais recente versão da Panigale V4 já vem de fábrica com as tais asas. Mas os proprietários de outras superesportivas que queiram acrescentar os apêndices aerodinâmicos a suas motos, agora também podem fazê-lo.

Espelhos aerodinâmicos para motos esportivas - Divulgação - Divulgação
Os espelhos giratórios permitem adicionar "asas" a diversos modelos de motos esportivas
Imagem: Divulgação

A fabricante italiana de acessórios Rizoma criou espelhos retrovisores que se transformam em "asas" como as da MotoGP. Chamados de stealth mirrors (espelhos disfarçados, em tradução livre), os acessórios têm dupla função: quando abertos, funcionam como um espelho retrovisor, quando fechados tornam-se asas aerodinâmicas.

Segundo a Rizoma, os espelhos aerodinâmicos consistem em uma haste conectada a um espelho giratório. Virados para baixo, formam um ângulo de 25° em relação ao solo e criam uma força descendente (downforce), útil para melhorar a aderência e a maneabilidade das motos esportivas, principalmente em altas velocidades.

Stealth Mirrors 1 - Divulgação - Divulgação
Os acessórios têm dupla função: quando abertos funcionam como espelhos retrovisores; fechados, tornam-se asas aerodinâmicas
Imagem: Divulgação

A força descendente gerada é de cerca de 4 quilos a 300 km/ h com ambos os espelhos fechados. Ainda está muito longe dos 40 kg de downforce da Ducati Panigale V4, mas é melhor do que não ter nada, garante a Rizoma.

Quando abertos, os stealth mirrors funcionam como um espelho para passeios de rua. E, segundo a empresa, os espelhos retrovisores foram projetados para se alinhar perfeitamente ao nível dos olhos, quando o piloto se encolhe atrás do para-brisa, evitando assim que perca a proteção aerodinâmica.

Downforce - Divulgação - Divulgação
Segundo a Rizoma, quando fechados os espelhos geram downforce de 4 kg a 300 km/h
Imagem: Divulgação

Disponíveis para as principais motos esportivas da atualidade, os espelhos aerodinâmicos custam 400 Euros (cerca de R$ 2.650), dependendo do modelo, em três opções de acabamento anodizado: preto, prata e cinza.