PUBLICIDADE
Topo

Infomoto

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Itália volta a proibir passeios de moto para frear nova alta da covid-19

Na zona vermelha não são permitidas viagens entre municípios e regiões. Até trilhas de moto são proibidas  - Caio Mattos
Na zona vermelha não são permitidas viagens entre municípios e regiões. Até trilhas de moto são proibidas Imagem: Caio Mattos
Arthur Caldeira

Arthur Caldeira, jornalista e motociclista (necessariamente nessa ordem) fundador da Agência INFOMOTO. Mesmo cansado de ouvir que é "louco", anda de moto todos os dias no caótico trânsito de São Paulo.

Colunista do UOL

19/03/2021 04h00

O governo italiano voltou a adotar medidas restritivas para conter uma nova alta de casos de covid-19. As viagens entre as regiões italianas estão proibidas até o final de março e, nas regiões em zona vermelha, a mais rígida, até mesmo o trânsito entre municípios vizinhos. Com isso os passeios de moto também não são permitidos.

Só estão autorizados a rodar com suas motos e scooters com certificações de trabalho, como profissionais da saúde e de emergências. Atualmente, 70% dos italianos vivem em áreas que estão sob zona vermelha e sob um lockdown semelhante ao do início do ano passado. A Itália foi um dos primeiros países europeus atingidos pela pandemia.

Na zona vermelha nem mesmo viagens de moto na mesma região é permitido. Apenas os motociclistas italianos que têm residências comprovadas em regiões diferentes poderiam, teoricamente, montar em sua moto para viajar até sua "segunda" casa e com garupa. Ainda assim é necessário conseguir uma complexa autorização de trânsito.

Nem mesmo a prática do motociclismo off-road com motos de trilha é permitido na zona vermelha. Somente atletas com carteira da federação italiana de motociclismo podem circular para treinar. Entretanto, os treinos só são permitidos em circuitos fechados, como autódromos ou pistas de motocross.

No Brasil não há proibições para viagens entre estados, de moto ou por qualquer outro meio de transporte. Mas em algumas cidades há toque de recolher e as autoridades locais estão multando quem circula na rua sem motivo.

Embora não haja restrições e nem recomendações das autoridades, talvez seja uma boa ideia não passear de moto nesse momento crítico da pandemia em nosso País. Dessa forma, reduzimos o risco de acidentes de moto e evitamos sobrecarregar ainda mais um sistema de saúde que está em colapso.