PUBLICIDADE
Topo

Infomoto

Sem visitantes, museu inglês sorteia motos clássicas para levantar fundos

National Motorcycle Museum está fechado desde 18 de março em função da pandemia - Arthur Caldeira/Infomoto
National Motorcycle Museum está fechado desde 18 de março em função da pandemia Imagem: Arthur Caldeira/Infomoto
Arthur Caldeira

Arthur Caldeira, jornalista e motociclista (necessariamente nessa ordem) fundador da Agência INFOMOTO. Mesmo cansado de ouvir que é "louco", anda de moto todos os dias no caótico trânsito de São Paulo.

Colunista do UOL

08/11/2020 04h00

Nem mesmo o mais importante museu de motos clássicas da Inglaterra passa ileso à crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus. Localizado em Birmingham, o National Motorycle Museum está fechado desde 18 de março e enfrenta dificuldades para manter a equipe de especialistas que cuida do acervo de quase mil motos antigas.

Parte de um complexo que inclui dois hotéis e um auditório de conferências, o museu depende apenas do valor dos ingressos e das vendas de suvenires no local. Segundo o diretor, James Hewing, também sem a receita dessas outras três empresas o local pode não ser capaz de reabrir.

Para tentar levantar fundos, o museu faz um apelo aos fãs de motocicletas para que doem dinheiro ou comprem "ingressos" para um sorteio virtual que terá três clássicas britânicas como prêmio. O valor de cada ingresso, que na verdade se trata do número de uma rifa, é de £ 6,00 (cerca de R$ 43).

"Apenas o museu requer uma receita de cerca de £ 500 mil anuais para atingir o equilíbrio. Portanto, fazemos esse apelo que dará às pessoas a chance de nos ajudar a arrecadar esse montante necessário de duas maneiras diferentes, o sorteio e doações de valores que vão de 10 a 500 libras", explica Hewing.

National Motorcycle Museum - Arthur Caldeira/Infomoto - Arthur Caldeira/Infomoto
Acervo de quase mil motos tem modelos que datam do início do século passado
Imagem: Arthur Caldeira/Infomoto

Tanto o ingresso como as doações podem ser feitas no site do National Motorcycle Museum. Também é possível adquirir produtos do museu e literatura técnica sobre motos clássicas, principalmente inglesas, online.

Detentor do maior acervo de motos inglesas do mundo, com cerca de 650 exemplares raros e em perfeito estado, o museu de Birmingham é um dos mais importantes do mundo. Quer concorrer a uma dessas belas "senhoras britânicas"? Conheça os prêmios

Vencedor leva uma Norton Commando 850 1977

O primeiro prêmio é um exemplar de 1977 do famoso modelo naked da Norton, a Commando de 850 cc, que nunca foi ligado ou emplacado. Os 14 quilômetros no hodômetro da moto foram "empurrados", de acordo com o museu.

Já o segundo lugar, leva uma rara Ariel NG 350 de 1948, restaurada pelos especialistas no próprio National Motorcycle Museum. O modelo monocilíndrico era derivado da moto fabricada para a marinha inglesa, durante a Segunda Guerra Mundial.

Rifa  - Divulgação - Divulgação
Norton Commando 850 (1977), Ariel NG 350 (1948) e BSA B31 350 (1959) são os prêmios da rifa do museu
Imagem: Divulgação

Quem ficar com o terceiro prêmio terá na garagem um exemplar da BSA B31 350 de 1959. Fabricada pela Birmingham Small Arms Company após a segunda Guerra Mundial, a B31 tinha motor de um cilindro, quatro tempos e 348 cm³.

O modelo de 1959 já trazia algumas atualizações em relação às primeiras versões feitas no pós-guerra, como balança traseira com dois amortecedores e uma bobina de ignição no lugar do alternador.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.