PUBLICIDADE
Topo

Coisa de Meninos Nada

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Pintura do carro: hora errada para passar cera e mais equívocos monumentais

Thais Roland

Thais Roland é técnica em Manutenção Automotiva e apaixonada pela graxa. Com seu canal no YouTube 'Coisa de Meninos Nada', busca informar, orientar e dar suporte em relação a dúvidas e neuras sobre o mundo dos carros

Colunista do UOL

25/05/2021 04h00

Faz tempo que a gente não fala da aparência do carro, mas é importante lembrar que o estado de conservação dele faz muita diferença na hora da revenda. Cuidar da aparência do carro é uma tarefa contínua, assim como as manutenções. Se você vacilar e a pintura se deteriorar fica muito caro para recuperar.

Tem coisa que não dá pra evitar, como aquela batidinha na porta do carro ao lado no estacionamento, uma raladinha no para-choque em um postinho baixo demais que não apareceu no retrovisor... Mas a PPG dá dicas preciosas para você cuidar da parte que está sob seu controle.

Por exemplo, lavar o carro sempre na sombra e com produtos específicos para automóveis. Nada de sabão em pó pra lavar roupa, nem vassoura, pelamor! Sabão de PH neutro evita manchas e desgastes na pintura.

Parece absurdo, mas tem gente que usa gasolina, álcool e outros solventes na pintura do carro, o que é um erro monumental!

Outra dica bacana é escolher o lugar onde você vai estacionar. Sombra é sempre legal, mas árvores podem derramar seiva na pintura, que mancha mortalmente. Do mesmo jeito que cocô de passarinho, que parece que mira de propósito no seu carro!

E, para fechar, evite lavagens automáticas em carros repintados a menos de um mês. Cera também... Essa só deve voltar a ser usada depois de 90 dias.

Dicas simples para preservar melhor a pintura do seu carro e evitar desvalorização por causa de estética.

Agora conta para mim, nos comentários, como você cuida da higiene do seu possante.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL