PUBLICIDADE
Topo

Recapagem dos pneus: saiba como funciona e se vale a pena para caminhões

Thais Roland

Thais Roland é técnica em Manutenção Automotiva e apaixonada pela graxa. Com seu canal no YouTube 'Coisa de Meninos Nada', busca informar, orientar e dar suporte em relação a dúvidas e neuras sobre o mundo dos carros

Colunista do UOL

08/09/2020 04h00

Estava há tempos querendo falar um pouco com os caminhoneiros, e surgiu a oportunidade aqui, após um deles me pedir ajuda com recapagem de pneus.

Por coincidência, eu já tinha material para falar sobre isso. A Goodyear me enviou uma pauta sobre esse assunto, e tinha achado tão interessante que estava na minha lista.

A recapagem é um processo cultural no nosso país e pode aumentar a vida útil dos pneus do seu caminhão se feita da maneira correta.

Além disso, é seguro e diminui os custos de manutenção, especialmente se você for autônomo e dono do caminhão que dirige, já que o valor médio de uma recapagem fica por volta de um terço do preço de um pneu novo, entregando uma performance muito parecida.

De quebra, você ainda contribui com o meio ambiente, tendo em vista a quantidade necessária de material para uma recapagem em comparação com a fabricação de um pneu novo.

Todos os modelos de pneus para caminhões da Goodyear saem da fábrica com estrutura projetada e dimensionada para receber várias recapagens. E esse processo não influencia na garantia dos pneus, desde que seja realizada com produtos do mesmo fabricante.

Mas há alguns pontos importantes que você deve observar para fazer a recapagem dos pneus do seu caminhão.

Em primeiro lugar, é de extrema importância que a recapadora seja certificada pelo Inmetro e que receba suporte e assistência de um fabricante renomado.

É preciso uma análise cuidadosa do pneu usado e um trabalho técnico muito cauteloso na carcaça para que o processo seja realizado. Daí a importância da certificação pelo Inmetro, que garantirá que o recapador vai seguir padrões internacionais de qualidade.

Depois da análise, é definido o tipo de modelo da nova banda de rodagem de acordo com a utilização do pneu e, em seguida, a carcaça segue para a raspagem e preparação para receber a nova banda.

O recapador especializado é quem vai te orientar com relação à aplicação do desenho correto da banda de rodagem, e isso também vai depender do eixo (se é de tração ou eixo livre).

Por fim, o número de recapagens varia de acordo com as condições de uso e manutenção da pressão dos pneus, assim como do tipo de aplicação a que será submetido. Mas, considerando nossas estradas e com boas condições de manutenção (alinhamento, balanceamento), esse número fica em torno de duas recapagens.