PUBLICIDADE
Topo

Blocos de rua

Tiago Abravanel expulsa brigões, beija foliões e dança no meio do público

Jussara Soares

Colaboração para o UOL

19/02/2017 17h20

O cantor e ator Tiago Abravanel, que neste ano faz seu segundo Carnaval de São Paulo junto com o bloco Gambiarra, mostrou que é um artista das multidões. Neste domingo (19), no desfile realizado na Avenida Faria Lima, em Pinheiros, a partir das 15h,, ele expulsou brigões, beijou foliões e desceu do trio para dançar no chão.

"Está tudo lindo, mas não estou me aguentando. Eu vou descer", disse Tiago que fez o público dançar ao som de Anitta, Ivete Sangalo, Tim Maia, Jorge Ben Jor e sucessos de funk e sertanejo. 

O clima de festa, no entanto, foi interrompido duas vezes para conter brigas.

A primeira briga foi interrompida com menos de uma hora de bloco. "Parou. Parou. Eu vi. Não sabe brincar não desce para o play", disse o cantor, que pediu para que os rapaz que foi agredido no rosto fosse colocado dentro da corda que cerca o trio.

O jovem, que estava sangrando, foi socorrido por seguranças e levado para fazer curativo. E o agressor retirado do local.

Por volta das 16h30, o artista novamente teve de interromper o bloco por causa de uma briga entre dois rapazes. Ambos foram expulsos pelo cantor.

"Quem bate aqui não é bem-vindo neste lugar. Vaza!", disse. "Tomar no... Aliás, não vou mandar tomar porque deve ser bom", completou.

Assim que subiu ao trio, ele avisou: "Aqui é Carnaval de alegria, de amor e sem preconceito", disse o cantor que beijou dois foliões em cima do trio.

Tiago escolheu uma mulher é um homem para subir ao trio e beijá-lo. Ao conversar com eles, pegou emprestado a técnica do avó Silvio Santos: "Você com a caravana de onde?"

"Foi a boca mais macia que eu já beijei", disse Barbara Magge, 32, analista de logística. O analista comercial Bruno Fiorino, de 25 anos, foi o escolhido para dar um selinho no cantor. "No Carnaval, pode tudo", disse.