Topo

Blocos de rua


Com Gretchen, Domingo Ela Não Vai triplica e leva 150 mil ao Centro de SP

Jussara Soares

Colaboração para o UOL

27/02/2017 16h26

O Domingo Ela Não Vai, fundado em 2016, deve ser confirmado como um dos maiores de São Paulo. De acordo com os organizadores, o bloco triplicou de tamanho e levou 150 mil pessoas ao Vale do Anhangabaú, no Centro. No seu ano de estreia, eles reuniram cerca de 40 mil foliões, segundo estimativa da prefeitura. Os dados oficiais de 2017 ainda não foram divulgados.

"Esperávamos mais foliões porque ano passado já foi incrível, pela formação  da banda ao vivo,  participação da Gretchen, festas e divulgação. Mas o crescimento foi muito maior e estamos muito felizes", disse o jornalista e roteirista Alberto Pereira Jr., fundador do bloco junto com o produtor Rodrigoh Bueno.

Amantes da folia, a dupla decidiu criar um bloco de axé para relembrar os sucessos dos anos 90. A combinação de música baiana e a decisão de desfilar durante o Domingo do Carnaval são,  segundo Alberto, uma explicação para o bloco já ter nascido grande.

"Escolhemos nesse dia para fugir do pré, que já é muito atribulado e tem blocos tradicionais, como o Acadêmicos do Baixo Augusta", diz.

Neste ano, o Baixo Augusta, que ano passado conquistou o título de maior bloco da cidade com 150 mil pessoas, dobrou de tamanho e, segundo os organizadores, atraiu 300 mil pessoas.