PUBLICIDADE
Topo

Blocos de rua

Baixo Augusta leva 300 mil foliões às ruas com tema "A Cidade é Nossa"

Mateus Araújo

Colaboração para o UOL

19/02/2017 18h41

Com o tema "Primeiramente, A Cidade é Nossa", o Acadêmicos do Baixo Augusta levou 300 mil pessoas à rua da Consolação, região central de São Paulo. O bloco, que é o maior da cidade, endossou um discurso político em defesa da ocupação do espaço público.

As críticas a João Doria e as polêmicas políticas recentemente aplicadas em São Paulo inspiraram foliões nas suas fantasias. Como o sociólogo Felipe Moda, que se fantasiou satirizando o prefeito. "Essa é uma crítica à gestão de São Paulo, que quer apagar todas as cores  da cidade", diz Moda, vestindo uma camisa cinza com um crachá com o nome de Doria.

Para Felipe Moda, o Baixo Augusta é um legítimo ato político, de afirmação dos cidadãos. Mesma ideia defendida pelo coordenador de serviço Leandro Lima e pelo assistente de logística Hebert Ferreira, que se fantasiaram de Chiquinha, personagem do programa Chaves.

"É muito importante o bloco trazer a questão política e fazer as pessoas refletirem", opina Lima. "Carnaval é uma manifestação popular, e levantar um tema político faz parte."

Famosos e engajados: Os amigos que botam o Baixo Augusta na rua

UOL Entretenimento

Festa

O Acadêmicos do Baixo Augusta é conhecido como um bloco que reúne inúmeros artistas e famosos, no desfile. Neste ano, participaram da festa nomes como a cantora Fafá de Belém -- que fez duelo com o guitarrista Felipe Cordeiro, tocando músicas paraenses -- as atrizes Emanuelle Araújo, Leandra Leal, os cantores Otto, Junio Barreto, e os atores Bruno Mazzeo, Alexandre Nero e Joaquim Lopes.

Reinando absoluta, a atriz Alessandra Negrini, rainha de bateria do Baixo Augusta, causou frisson com sua fantasia inspirada no Parque Augusta. O terreno de 24 mil metros quadrados, localizado na região que dá nome ao espaço, está fechado e é motivo de um ação na justiça contra sua venda a imobiliárias.

Ovacionada pela multidão de gente, Alessandra se disse emocionada com a alegria das pessoas. É uma loucura. Uma grande emoção. Carnaval é uma experiência única", diz a atriz.

Alessandra Negrini samba ao som de "Vou Festejar", de Beth Carvalho

UOL Entretenimento