Topo

Blocos de rua


Com crise, fantasias a baixo custo marcam o desfile do Volta, Alice no Rio

Ana Paula Bazolli

Colaboração para o UOL, no Rio

12/02/2017 14h58

Os foliões do Volta, Alice arrasaram no quesito fantasia de baixo custo no domingo (12), em Laranjeiras, zona sul do Rio. Maquiagem e confecção de figurinos ganharam nota dez no desfile que reuniu super-heróis, Monstros S.A, e sereias, entre outras.

Até Lolla, a pug, tem uma roupa para cada dia de Carnaval. "Ela adora e tem de Branca de Neve, fada, Frozen", disse Gabriele Granja, mãe da cachorrinha, que a levou fantasiada de Minnie.

Lolla -- cadelinha da raça pug -- chama a atenção fantasiada como a rata Minnie - Bruna Prado/UOL
Lolla -- cadelinha da raça pug -- chama a atenção fantasiada como a rata Minnie
Imagem: Bruna Prado/UOL


O grupo de super-heróis -- Raí Braia, o Lanterna Verde, Claudia Nascimento, a Mulher-Maravilha, Camila Vitória, a Batgirl, Lais Galdino, a SuperMulher e Rafael de Oliveira, o Homem-Aranha -- uniu-se para curtir pagando pouco. "A gente comprou a roupa ontem, e vamos usar em todos os blocos. Estamos fazendo em casa arquinhos, e essa foi a mais cara. Usamos a criatividade", contou Lais.

Celebridades do bloco, a família Monstros S.A -- composta pelo pai, Marcio Quintella, que se fantasiou de Sullivan, a esposa Ana, que se vestiu de Mike, e a filha Hanna, de 16 anos, que foi de Boo -- todo ano produze suas próprias fantasias. Segundo eles, a roupa sai por 1/3 do custo de uma loja de aluguel. "Há cinco anos eu faço nossas fantasias. As pessoas reconhecem e lembram da gente no ano seguinte. Hoje foi o anúncio da fantasia. Vamos a oito blocos. Não saiu caro. Foi mais ou menos R$ 60 cada", conta Ana.

Rai, Claudia, Camila, Lais e Rafael encarnaram uma trupe de super-heróis no bloco Volta, Alice - Bruna Prado/UOL
Rai, Claudia, Camila, Lais e Rafael encarnaram uma trupe de super-heróis no bloco Volta, Alice
Imagem: Bruna Prado/UOL


Se algum menino passar mal no bloco, as mineiras enfermeiras cuidam. "Os meninos mexem o tempo todo. Usamos bombeiras e ouvimos muita piada. A gente espera distribuir muitos corações. Hoje em dia, a gente namora por alguns minutos, depois namora outros minutos", brinca Natasha.

Jaire Sueli , 40 anos, sai há sete de freira com uma placa engraçada, que muda a cada ano. "As pessoas olham para a placa e dão aquele sorrisinho", diz ela, que sempre pula Carnaval sozinha e faz amizade durante os desfiles.

Aline Martins viu a fantasia de sereia na rede social Pinterest e copiou, usando a mensagem "caiu na rede é peixe". E também arrasou na maquiagem. "Vamos ver se dá onda essa fantasia. Espero que dê certo", brinca.

Outro que não passará despercebido é a Branca de Neve de quase 2 metros, João Marcos. "Segundo a moça da banca, não sou Branca de Neve e, sim, o Everest. Sou enorme, né? Aí sou a Branca de Neve dos amigos anões", brinca.

Rodrigo Sabino soltou a criatividade e pediu ajuda da vizinha para fazer o personagem dos quadrinhos Kick-Ass. "Sou nerd, mas me confundem sempre com todos os personagem verdes e nunca acertam a minha fantasia", conta.

Os primos Douglas e Wesley Santana apostaram na fórmula que dá certo há anos: vestir-se de mulher. "A gente está adorando a zoação", disse Douglas.
 
Para fechar, Henrique Abrahão, de Brasília, vestiu-se de Marcela Temer em sua cidade, e resolveu vir de Eike aqui no Rio. "Fiz isso para homenagear porque só gosto de homem bandido", falou às gargalhadas.