Esclerose múltipla: estudo indica sintomas que podem surgir antes da doença

A esclerose múltipla é uma doença autoimune ainda sem cura que se caracteriza por um dano neurológico. Fala, visão e coordenação motora podem ficar comprometidas, mas alguns sintomas inespecíficos da enfermidade também podem surgir —e antes mesmo do diagnóstico.

Um estudo publicado nesta terça-feira (5) no periódico científico Neurology identificou uma associação entre cinco condições de saúde e a confirmação posterior da doença. Mas é importante lembrar que associação não significa causa e efeito.

Nem todas as pessoas que apresentam os quadros de saúde vão desenvolver esclerose múltipla. Como doença autoimune, ainda não se sabe exatamente por que o sistema imunológico ataca o próprio corpo e desencadeia a enfermidade.

Além disso, os sintomas identificados na pesquisa aparecem também no histórico prévio de pessoas com doença de Crohn e lúpus, que fizeram parte da investigação. Assim, elas não são específicas para esclerose múltipla.

Os possíveis sinais de alerta indicados pelos pesquisadores são:

  1. Depressão;
  2. Disfunção sexual;
  3. Constipação;
  4. Cistite (inflamação na bexiga);
  5. Infecções do trato urinário de local não especificado.

Essa condições são até comuns e podem ser sinais de outras doenças que não as trabalhadas no estudo. Isoladamente ou mesmo combinadas, elas não predizem um futuro diagnóstico de esclerose múltipla.

Mas encontrar uma associação entre elas e a doença pode ajudar aquelas pessoas com alto risco de desenvolver a condição, como alguém com história familiar da doença.

Os achados também podem contribuir para um melhor entendimento dos mecanismos biológicos que ocorrem em pessoas com esclerose múltipla antes que a doença apresente sinais mais clássicos.

Continua após a publicidade

Na esclerose múltipla, a região afetada pelo sistema imunológico é a mielina, estrutura que reveste o sistema nervoso central e permite a rápida comunicação entre os neurônios. É esse mecanismo que faz o cérebro responder a comandos como levantar o braço, andar e ver.

Mas a forma como a doença se apresenta é muito variada, porque depende do grau e locais de comprometimento. Estima-se que cerca de 100 sintomas podem surgir, mas ninguém terá todos eles nem dois ou três juntos.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes