PUBLICIDADE

Topo

Chá para dor de cabeça: 10 receitas que podem ajudar a aliviar o incômodo

Chá de camomila auxilia contra dor de cabeça - Istock
Chá de camomila auxilia contra dor de cabeça Imagem: Istock

Nathalie Ayres

Colaboração para VivaBem

24/01/2022 04h00

Quando o assunto é dor de cabeça, é difícil encontrar alguém que nunca tenha enfrentado o problema. De acordo com a SBCe (Sociedade Brasileira de Cefaleia), 95% dos brasileiros vivenciaram ou vivenciarão pelo menos uma crise ao longo da vida, e 50% dos homens e 70% das mulheres enfrentam esse desconforto ao menos uma vez ao mês.

De acordo com o neurologista Marcelo Freitas Schmid, médico do ICNE-SP (Instituto de Ciências Neurológicas de São Paulo) e colaborador da unidade de pesquisa e tratamento das epilepsias da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), as causas comuns para o problema são "a falta de sono, estresse, exposição a ruídos altos, óculos inadequados, adereços apertados na cabeça ou resultante de um consumo alimentar desequilibrado e excesso de bebidas alcoólicas".

Pessoas que costumam ter dores esporádicas podem se aproveitar de alguns chás para reduzir o sintoma. Mas é bom salientar que indivíduos com crises frequentes devem ser avaliados pelo médico neurologista. Além disso, dores de cabeça acompanhadas de outros sintomas precisam ser checadas por um especialista para excluir casos mais graves.

Melhores chás para a dor de cabeça

1. Chá de camomila

"A camomila tem leve efeito sedativo e relaxante da musculatura lisa, relacionado com o flavonoide apigenina, e é capaz de se ligar a receptores GABA (ácido gama-aminobutírico), principal neurotransmissor depressor do sistema nervoso", explica a nutróloga Marcella Garcez, diretora e professora da Abran (Associação Brasileira de Nutrologia).

"Você pode beber o chá de 2 a 3 vezes ao dia ou assim que a dor de cabeça começar", explica a nutricionista Amanda Marcuartú, professora colaboradora da Lismiuc da Unama (Liga Interdisciplinar em Saúde da Mulher e da Criança da Universidade da Amazônia) e orientadora no grupo de pesquisa da FSCM-PA (Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará).

Como preparar: acrescente as flores da camomila na xícara de água fervente, abafe com pires e deixe em infusão por 5 a 10 minutos. Após esse tempo, retire as flores da água. Espere amornar e beba a seguir.

chá de hortelã - iStock - iStock
Chá de hortelã também tem propriedade antisséptica e anti-inflamatória
Imagem: iStock

2. Chá de hortelã

De acordo com Marcuartú e Garcez, a hortelã tem propriedades analgésicas e calmantes, que podem ajudar pessoas com dores de cabeça. "Ela também é antisséptica, anti-inflamatória, digestiva, anestésica e expectorante", enumera a nutricionista. Mas ela ressalta que esse chá não é indicado para lactantes, pessoas com inflamações estomacais ou cálculos biliares e crianças com menos de 2 anos de idade.

Como preparar: da mesma forma como o chá de camomila, basta adicionar um saquinho ou punhado de folhas na xícara com água fervente e deixar abafado por entre 5 e 10 minutos, retirando-as depois. Espere amornar e consuma imediatamente.

3. Chá de lavanda

Se a causa da dor de cabeça é estresse, temos aqui um grande aliado. "Os polifenóis e óleos essenciais da planta possuem propriedades calmantes e antidepressivas e pode ajudar a melhorar crises de dor de cabeça causadas por episódios de tensão emocional", aponta Garcez.

Como preparar: acrescente as flores da lavanda frescas ou secas na xícara de água fervente, abafe com pires e deixe em infusão por 5 a 10 minutos. Retire as flores da água, espere amornar e beba em seguida.

4. Chá de orégano

O orégano é uma planta rica em flavonoides. "Estes compostos possuem várias propriedades benéficas à saúde, entre elas atividades diuréticas, digestivas e calmantes que podem auxiliar a reduzir os episódios de dor de cabeça", enumera Garcez.

Como preparar: adicione uma colher (chá) de folhas de orégano em uma xícara com água fervente e deixe abafado por entre 5 e 10 minutos. Coe, para retirar as folhas, e espere o líquido amornar, consumindo assim que possível.

5. Chá de valeriana

Famosa por ajudar no sono e a trazer calma, essa planta também auxilia nas dores de cabeça tensionais. "A valeriana possui propriedades que relaxam os músculos, aliviando as dores em geral", conta Marcuartú. Mas ela alerta que grávidas, lactantes e crianças com menos de 12 anos devem evitar a bebida, já que não há estudos comprovando sua segurança para estes públicos.

Como preparar: "As partes usadas para o preparo de chás são as raízes e o caule", explica a nutricionista. Portanto, basta adicionar uma colher (chá) deles à xícara com água fervente e deixar abafado por entre 5 e 10 minutos. Estando pronto, basta coar e consumir até 3 xícaras ao dia.

Chá preto com canela, gengibre e cravo - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto
O óleo essencial de cravo tem ação anti-inflamatória, digestiva, relaxante muscular
Imagem: Getty Images/iStockphoto

6. Chá de boldo

Se a dor de cabeça estiver ligada ao fígado, o boldo pode ajudar. "Esta planta possui propriedades digestivas e hepatoprotetoras, para as dores de cabeça causadas por abusos e intoxicações alimentares, o chá de boldo pode ajudar a melhorar a diminuir os sintomas", ensina Garcez.

Como preparar: coloque uma colher (chá) de folhas de boldo em uma xícara com água fervente e deixe abafado por entre 5 e 10 minutos. Retire as folhas e espere amornar, consumindo assim que possível.

7. Chá de gengibre

"O gengibre tem propriedades digestivas, anti-inflamatórias e vasculotônicas, portanto pode ser benéfico para evitar ou ajudar a reduzir as crises de dor de cabeça causadas por distúrbios digestivos e circulatórios", considera a nutróloga Marcella Garcez. Mas Marcuartú alerta que ainda não é confirmado que seu chá seja seguro para mulheres que estão grávidas ou amamentando, por isso deve ser evitado nestes grupos.

Como preparar: adicione uma colher (chá) da raiz picadinha à água fervente em uma xícara e deixe abafado por 5 minutos. Depois é só coar, deixar amornar e consumir assim que possível. O limite máximo são quatro xícaras ao dia.

8. Chá de cravo

O cravo é uma especiaria com uma série de propriedades ligadas aos mecanismos da dor de cabeça. "O óleo essencial de cravo tem ação anti-inflamatória, digestiva, relaxante muscular entre outras e pode ajudar a reduzir os episódios de dor de cabeça", lista Garcez.

Como preparar: basta colocar uma colher (chá) de cravo em uma xícara com água fervente e deixar abafado por até 5 minutos. Depois retire os cravos (pode ser com uma peneira), deixe amornar e beba em seguida, até três xícaras ao dia.

9. Chá de salgueiro

O salgueiro é outra planta medicinal usada por seus efeitos anti-inflamatório e analgésico. "Pode ser indicado para amenizar as dores de cabeça por causa salicina, composto semelhante ao ácido acetilsalicílico", pondera a nutróloga.

Como preparar: adicione uma colher (chá) de folhas de salgueiro a em uma xícara com água fervente e deixe abafado por até 5 a 10 minutos. Coe, espere amornar e consuma.

10. Chá de cúrcuma

A cúrcuma (ou açafrão-da-terra) é uma especiaria com propriedades anti-inflamatória, antioxidante, digestiva e ansiolítica, que ajudam a evitar e reduzir as dores de cabeça.

Como preparar: acrescente uma colher (chá) de cúrcuma a uma xícara com água fervente e deixe abafado por uns 5 minutos. Depois, basta coar, deixar amornar e consumir em seguida, até 3 xícaras ao dia.

café, cafeína, bebida quente - iStock - iStock
Cuidado com o café: em excesso a cafeína pode piorar as dores
Imagem: iStock

Cafeína ajuda no alívio rápido, mas gera novas crises

É comum encontrar a cafeína em remédios para dores de cabeça, visto que ela ajuda a potencializar o efeito dos analgésicos. "Suas propriedades otimizam a absorção do analgésico pelo organismo, além de apresentar uma ação vasoconstritora, que é capaz de contrair os vasos sanguíneos cerebrais e combater os efeitos dolorosos provenientes da dilatação dos vasos sanguíneos", descreve o neurologista Marcelo Freitas Schmid, da Unifesp.

No entanto, assim como ela ajuda na dor atual, pode predispor às próximas dores: "Estudos apontam que as pessoas que consomem três ou mais bebidas cafeinadas ao dia tornam-se mais suscetíveis a sofrer enxaquecas", cita Garcez. Essa ação pode inclusive ajudar a tornar a dor de cabeça crônica.

Por isso, quem tem predisposição a ter mais episódios de dores de cabeça deve tomar cuidado com o café e os chás ricos em cafeína, como o mate e aqueles derivados da planta Camellia sinensis (chá verde, preto, vermelho, branco e oolong). Estes últimos, inclusive, potencializam a ação desta substância por conter catequinas.

Outras medidas caseiras para alívio das dores de cabeça

Além dos chás, existem outras medidas caseiras que podem ajudar a reduzir crises não frequentes de dores de cabeça, como enumera Schmid:

  • Descansar ou dormir durante uma crise de enxaqueca;
  • Permanecer em um ambiente calmo, arejado e com pouca luz;
  • Meditar;
  • Usar compressas frias na testa e na região temporal;
  • Ter sono regular;
  • Praticar exercícios físicos;
  • Cuidar da alimentação, evitando ingerir alimentos desencadeantes (como vinho tinto e outras bebidas alcoólicas, chocolate, queijo, embutidos, alimentos ricos em glutamato de sódio e nitritos, aspartame).

É importante também se conhecer e entender quais são os fatores que desencadeiam as suas crises, evitando-os. E se as crises forem frequentes e associadas a outros sintomas, busque ajuda médica.