PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Mila Kunis e Ashton Kutcher não tomam banho todo dia; tem problema?

19.out.2016 - Ashton Kutcher e Mila Kunis assistiram juntos ao jogo do Los Angeles Dodgers - Reprodução /Twitter
19.out.2016 - Ashton Kutcher e Mila Kunis assistiram juntos ao jogo do Los Angeles Dodgers Imagem: Reprodução /Twitter

Luiza Vidal

Do VivaBem, em São Paulo

29/07/2021 15h51

Os atores Mila Kunis e Ashton Kutcher contaram que não tomam banho todos os dias. Em entrevista ao podcast "Armchair Expert", o casal explicou que também só faz a higiene dos filhos quando enxerga uma sujeira neles.

O assunto apareceu quando o entrevistador Dax Shepard falou sobre "os prejuízos de se desfazer da camada protetora natural de gordura que envolve nossas peles com limpeza excessiva". A atriz disse, então, que não se banha todos os dias e o ator concordou: "Eu lavo minhas axilas e minha virilha todos os dias. Nada mais".

"O negócio é: se você consegue ver a sujeira neles, limpe-os. Caso contrário, não há necessidade", disse Kutcher sobre os filhos de 6 e 4 anos.

Embora muita gente possa estranhar a declaração do casal, não dá para dizer que eles estão 100% errados. Será que a gente precisa mesmo tomar banho todos os dias? Essa resposta não é tão simples, pois esbarra em uma questão cultural. No Brasil, por ser um país quente, é normal que o hábito de tomar banho seja mais forte.

Já em países frios, a tendência é que a pessoa tome menos banhos na semana. De acordo com Samuel Henrique Mandelbaum, coordenador do serviço de dermatologia da Santa Casa de São José dos Campos (SP), não é preciso tomar banho a todo momento. Inclusive, o uso do sabonete excessivamente retira substâncias importantes para a pele.

"Se a pessoa toma muito banho, ela retira essa camada gordurosa que é natural da nossa proteção. Com isso, aumenta o risco de infecções de pele e também de deixá-la mais seca. Desta forma, vai causar coceira e, com a unha, é mais fácil levar bactérias", explica o dermatologista.

Segundo Mandelbaum, nos dias sem banho, é importante manter as áreas de dobras do corpo, como axilas, virilhas, além dos órgãos genitais e mãos, higienizadas. Um pano umedecido e sabonete líquido podem resolver.

E, claro, se você toma banho uma vez ao dia, não tem nenhum problema do ponto de vista de saúde. Para a dermatologista Simone Neri, o ideal mesmo é tomar um banho ao dia, rápido, morno, com sabonete neutro e sem praticar a esfoliação da pele.

A médica explica que a falta de banho, assim como excesso dele, podem desequilibrar a flora bacteriana da pele, chamada também de microbioma.

"Existem algumas bactérias que podem proliferar pela falta de higienização. Existem alguns microrganismos que são 'do bem', mas têm outros que quando crescem descontroladamente causam desde mau cheiro até infecções bacterianas", diz.

Por isso é importante manter a higiene em dia, sempre com o famoso bom senso. "Ninguém é obrigado a tomar banho todos os dias se a cultura dessa pessoa não vê problemas com o odor excessivo. Mas precisamos explicar que pode haver, sim, mudança na flora se esse banho ocorrer em excesso", explica Ana Mósca, dermatologista da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia) e pediatra da SBP (Sociedade Brasileira de Pediatria).

E nos bebês e crianças, como funciona?

A pediatra explica que bebês pequenos e crianças não têm as glândulas sebáceas, responsáveis por produzir a gordura da pele, desenvolvidas. Por isso, elas não necessitam de banhos com sabonete com tanta frequência. "Isso pode causar irritações na pele e alergias específicas", diz Mósca.

Por isso, o importante mesmo é higienizar os genitais e dobras com água corrente ou toalhas umedecidas ou com sabonete líquido. A pele dos bebês é mais sensível, então é preciso evitar esse excesso de limpeza.

Já com as crianças, a regra é a mesma: tudo bem tomar um banho por dia, morno, rápido e sem esfregar a pele, mas não há necessidade de entrar no chuveiro toda vez que for brincar.

Saúde