PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

RJ: Vacinação pode parar no sábado se novas doses não forem entregues

Secretário Municipal de Saúde do Rio de Janeiro, Daniel Soranz - Reprodução/Youtube
Secretário Municipal de Saúde do Rio de Janeiro, Daniel Soranz Imagem: Reprodução/Youtube

Do VivaBem, em São Paulo

27/07/2021 14h44Atualizada em 27/07/2021 15h44

O secretário de Saúde do Rio de Janeiro, Daniel Soranz, afirmou hoje que, sem o envio de uma nova remessa de doses das vacinas contra a covid-19 pelo Ministério da Saúde, as imunizações serão interrompidas no próximo sábado (31) na capital.

A gente recebeu 280 mil doses de vacinas nesse carregamento que foi entregue hoje. Começou a ser distribuído hoje às 11h da manhã. Esse carregamento suporta uma vacinação de quatro dias no Rio de Janeiro. [É preciso que sejam enviadas novas doses], porque se não a gente interrompe de novo no sábado
Daniel Soranz, secretário de Saúde do Rio de Janeiro

Em entrevista à CNN, Soranz afirmou que, mesmo diante da falta de doses, o Rio de Janeiro planeja vacinar todos os adultos até 18 de agosto. "Para isso, é necessário que o ministro regularize as entregas. Logo que receba as vacinas, entregue em 12 ou 24 horas", afirmou o secretário.

Ao ser questionado sobre o número de casos do coronavírus na capital, o secretário de Saúde explicou que 20% dos registros estão ligados à variante delta.

Soranz disse ainda que ocorre uma redução na taxa de ocupação hospitalar em 70%, enquanto o número de pessoas internadas pela doença caiu pela metade do total que havia sido registrado em junho, segundo ele.

Não é um momento de relaxar. A pandemia não acabou. Os números são melhores, sim, mas é preciso ter cautela, porque há uma nova variante circulando no Rio de Janeiro
Daniel Soranz, secretário de Saúde do Rio de Janeiro

Saúde