PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Anvisa aprova extensão de prazo de validade de vacinas da Janssen

Vacina Janssen - Stephen Zenner / Getty Images via AFP
Vacina Janssen Imagem: Stephen Zenner / Getty Images via AFP

Do VivaBem, em São Paulo

14/06/2021 16h14

A diretoria da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou hoje a extensão do prazo de validade das vacinas da Janssen, que é fabricada pelo laboratório Johnson & Johnson. O imunizante tinha vencimento previsto para 27 de junho, mas agora estendeu até o início de agosto —passou de três para quatro meses e meio, no total. O novo prazo é válido para as doses que estejam armazenadas entre 2ºC e 8ºC.

Esta vacina é a única aprovada pela Anvisa em dose única. Quando ela é armazenada entre temperaturas de -25°C e -15° C, possui prazo de validade de 24 meses, a partir da data de fabricação.

Em nota publicada no site da agência, a relatora e diretora da Anvisa, Meiruze Freitas, destaca que, considerando o cenário pandêmico atual, a decisão foi tomada com rapidez e ajuda a acelerar a campanha de vacinação no país.

O texto diz ainda que a aprovação foi baseada em uma "criteriosa avaliação dos dados de qualidade dos estudos". Segundo os diretores, ficou demonstrado que a vacina tende a se manter estável pelo período de quatro meses e meio.

Além disso, a Anvisa também considerou a decisão da agência norte-americana FDA (Food and Drug Administration, órgão regulador do setor de alimentação e medicamentos), que aprovou a alteração do prazo de validade na última quinta-feira (10).

O gerente-geral de medicamentos da Anvisa, Gustavo Mendes, já havia dito que a agência via "com otimismo" a extensão do prazo de validade. "Ter a aprovação do FDA ajuda a gente a poupar muitos esforços, claro, vamos considerar as questões específicas do nosso país, mas ter o racional [da FDA] é bastante significativo", afirmou Mendes.

O FDA aprovou a ampliação de validade da Janssen até 8 de agosto.

Entrega de vacinas da Janssen está atrasada

Um lote com três milhões de doses da vacina da Janssen estava previsto para chegar ao Brasil amanhã, mas o Ministério da Saúde informou que isso não vai acontecer. Em nota, a pasta informou que "aguarda confirmação da data por parte do laboratório, mas a expectativa é de que as doses cheguem ainda esta semana ao país em três remessas".

A Janssen, por sua vez, informou que segue dialogando com o Ministério da Saúde e outras autoridades locais "com o objetivo de disponibilizar a vacina no país o quanto antes", sem especificar datas.

Saúde