PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Óculos de sol tem validade e deve ser trocado a cada 2 anos; veja cuidados

Óculos de sol têm validade e devem ser trocados a cada dois anos, dependendo do uso - Tania Mousinho/Unsplash
Óculos de sol têm validade e devem ser trocados a cada dois anos, dependendo do uso Imagem: Tania Mousinho/Unsplash

Luiza Vidal

Do VivaBem, em São Paulo

05/01/2021 04h00

Resumo da notícia

  • No verão, os olhos, assim como a pele, devem receber cuidados redobrados
  • Uma das formas é utilizar os óculos de sol porque eles barram os raios ultravioletas
  • O produto deve ser comprado em óticas de boa procedência e ter proteção contra raios UV
  • Além disso, os óculos de sol devem ser trocados a cada dois anos, dependendo do uso

No verão, a exposição solar aumenta e, com isso, é necessário reforçar não só os cuidados com a pele, mas também com os olhos. Uma das formas de protegê-los é usando óculos de sol, principalmente nos dias mais ensolarados. Isso porque o sol possui raios ultravioletas, conhecidos pela sigla UV que, com o excesso de exposição, podem causar diversas doenças, como a catarata e até determinados tipos de câncer nos olhos.

Portanto, proteger os olhos do sol é essencial e isso deve começar o quanto antes, desde a infância. E para comprar um bom modelo de óculos de sol, em primeiro lugar, é recomendado optar por lugares com boas referências.

"É importante comprá-lo em uma ótica, já que elas possuem registro da vigilância sanitária e o controle de utilização. Também é indicado evitar ao máximo comprar os óculos sem saber de sua procedência, como dos camelôs. Não tem como saber de onde vem e como foi fabricado", explica Rodrigo Pegado, membro titular da SBO (Sociedade Brasileira de Oftalmologia).

As lentes escuras também não protegem, necessariamente, mais os olhos. O que vai diferenciar é a proteção contra os raios UV —seja a lente escura ou sem cor. Além deste fator, outros pontos também devem ser levados em consideração ao comprar um óculos, segundo os oftalmologistas consultados pelo VivaBem:

  • O material deve ser opticamente adequado, com as superfícies bem-acabadas;
  • De preferência, de marcas e procedência reconhecidas;
  • As lentes devem ter filtros com bloqueio para raios UVA e UVB, subtipos dos raios UV;
  • Quanto maior a porcentagem de bloqueio destes raios, melhor. A indicação é de 99-100% (geralmente, há etiquetas ou marcação no canto da lente);
  • Os óculos devem possuir filtro para UV de até 400 nm (esse valor pode ser checado em óticas com o uso de equipamentos como o lensômetro);
  • Por fim, também é importante pedir para a loja a garantia dos produtos.

Os óculos de sol têm validade?

Sim. Os especialistas explicam que a recomendação, inclusive dos fabricantes, é que o objeto seja substituído após dois anos. Mas isso depende da quantidade de exposição ao sol e da qualidade do produto. Ou seja, quanto mais você expuser os óculos ao sol, mais rápido eles vão "vencer".

"A exposição prolongada dos óculos aos raios ultravioleta danifica o filtro UV das lentes e isso faz com que elas tenham, sim, tempo de validade", explica Marina Ciongoli, oftalmologista da BP - A Beneficência Portuguesa de São Paulo.

Outro ponto importante é como você cuida dos produtos, conforme ressalta o professor de oftalmologia da PUC-Rio e diretor da SBO, Evandro Lucena: "Óculos com lentes arranhadas ou em mau estado certamente vão apresentar um filtro UV deficiente".

Os riscos ao usar um óculos de qualidade ruim

Usar produtos de baixa qualidade pode dar dor de cabeça e dor nos olhos - Ivan Aleksic/Unsplash  - Ivan Aleksic/Unsplash
Imagem: Ivan Aleksic/Unsplash

"Usar produtos de baixa qualidade, que barram a luz visível e não filtram adequadamente os raios UV, pode ser ainda pior do que não usar óculos nenhum", pontua a oftalmologista da BP. Como citado anteriormente, produtos sem proteção adequada são prejudiciais para a saúde dos olhos e podem causar diversos problemas.

A longo prazo, os raios UV podem causar câncer de pele, inclusive nas pálpebras, além de danificar a mácula —região da retina responsável pela visão central e induzir à catarata, entre outras doenças. "Esses danos são cumulativos ao longo da vida, portanto é recomendado o uso de óculos de sol desde a infância", diz Ciongoli.

Além de doenças, utilizar produtos de baixa qualidade também pode causar sintomas desagradáveis, como:

  • Visão cansada;
  • Dor ao redor dos olhos;
  • Dor no fundo dos olhos;
  • Dor de cabeça;
  • Olhos lacrimejando.

Quem deve cuidar mais dos olhos?

Os oftalmologistas explicam ainda que alguns grupos devem tomar cuidados redobrados com a saúde dos olhos durante o verão:

  • Os idosos, que possuem mais chances de desenvolver a catarata, por exemplo;
  • Pessoas submetidas à cirurgia refrativa recente;
  • Indivíduos com olhos mais claros ou com antecedentes familiares de doenças na retina;
  • Esportistas que costumam passar mais tempo ao ar livre.

Saúde