PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Bolsonaro está com infecção pulmonar; quadro é comum em quem teve covid-19

O quadro, que é uma pneumonia, pode ter sido causado por sequelas da covid-19. - Bruna Prado/Freelancer Getty Images
O quadro, que é uma pneumonia, pode ter sido causado por sequelas da covid-19. Imagem: Bruna Prado/Freelancer Getty Images

Giulia Granchi

De VivaBem, em São Paulo

31/07/2020 12h39

Na noite de quinta-feira (30), o presidente Jair Bolsonaro revelou estar com uma infecção no pulmão.

De acordo com fontes ouvidas pela coluna da jornalista Carla Araújo, Bolsonaro foi ao HFA (Hospital das Forças Armadas), em Brasília, no dia anterior, após sentir fraqueza. Lá foi submetido a uma bateria de exames.

"Teve uma infecção leve no pulmão, mas nada que um antibiótico não possa curar", afirmou uma fonte.

Os interlocutores disseram, também, que os médicos não conseguem afirmar com precisão se a infecção pulmonar está diretamente relacionada ao coronavírus.

O que é uma infecção pulmonar

"A infecção pulmonar não é, necessariamente, uma pneumonia", explica Mauro Gomes, médico pneumologista e chefe de equipe de pneumologia do Hospital Samaritano de São Paulo.

"Dentro do pulmão há outras estruturas, como bronquíolos e brônquios e, se essas forem atacadas, os nomes dos quadros diferem —são chamados de bronquiolite ou bronquite", complementa.

Quadro é comum para quem teve covid-19

O pulmão é um dos órgãos mais afetados pelo vírus. Apesar de o presidente ter sido diagnosticado com a covid-19 há cerca de 20 dias, Gomes explica que as sequelas podem ser tardias.

"No pulmão, os impactos, de maneira geral, não aparecem nos primeiros dias. É mais comum que o vírus ataque o órgão ente o sétimo e décimo dia, mas os efeitos podem persistir por 14, 20 dias, até mais. Para quem teve a doença, observamos efeitos mais complexos, não é como uma pneumonia que se resolve rápido como a comum."

Outra possibilidade, de acordo com o pneumologista, é que o presidente tenha adquirido o quadro por outro tipo de sequela causada pelo vírus. "O Sars-CoV-2 prejudica a imunidade, 'abrindo' a defesa pulmonar para que outras bactérias entrem e causem a infecção", aponta.

O presidente, de acordo com os interlocutores, segue acompanhado pela sua equipe médica e já está se sentindo bem melhor.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do informado, infecção pulmonar não é necessariamente uma pneumonia. O texto já foi corrigido.

Saúde