PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Estudo sugere que pessoas usem máscaras em casa para proteger familiares

Mulher usa máscara de proteção - Christo Anestev/Pixabay
Mulher usa máscara de proteção Imagem: Christo Anestev/Pixabay

Do VivaBem, em São Paulo

29/05/2020 18h05

Na pandemia do novo coronavírus, o uso de máscara tem sido normalmente associado à necessidade de sair para a rua ou frequentar locais públicos. Porém, um novo estudo sugere que as pessoas usem o adereço em suas casas como forma de manter seus familiares seguros da covid-19.

O trabalho foi publicado ontem e coordenado pela BMJ Global Health. A conclusão é de que usar máscara em casa, antes mesmo de qualquer um dos moradores apresentar sintomas, pode ser 79% efetivo para prevenir a transmissão do vírus.

"Este estudo confirma que há alto risco de transmissão caseira do vírus antes mesmo do primeiro sintoma. Porém, as medidas preventivas como uso de máscara, desinfetação e distanciamento social em residências pode prevenir a transmissão da covid-19 durante a pandemia", diz o estudo.

Manter a casa constantemente limpa com alvejante e desinfetantes foi 77% efetivo, menos do que o uso frequente de máscaras.

O estudo levou em conta os hábitos de higiene e comportamentos de 460 pessoas de 124 famílias em Pequim, na China, país onde o novo coronavírus surgiu no fim do ano passado.

Saúde