PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Belviq, medicamento usado para perda de peso, pode aumentar risco de câncer

Belviq, nome comercial para a lorcasserina, foi aprovada pela Anvisa em 2016 - Getty Images
Belviq, nome comercial para a lorcasserina, foi aprovada pela Anvisa em 2016 Imagem: Getty Images

Do VivaBem, em São Paulo

15/01/2020 17h33

A FDA (agência norte-americana que regula produtos alimentícios e farmacêuticos) analisou o medicamento Belviq, usado para controle de peso em pessoas obesas, e descobriu que ele pode aumentar o risco de câncer. O estudo realizado pela agência foi publicado na terça-feira (14).

A lorcasserina (droga presente no remédio) foi aprovada nos EUA em 2012. Na época, a FDA exigiu que o fabricante, a empresa Eisai, realizasse um estudo clínico randomizado, duplo-cego (quando nem o examinado nem o examinador sabem que serão utilizados no estudo) e controlado por placebo para avaliar o risco de problemas relacionados ao coração.

Neste estudo, realizado em aproximadamente 12.000 participantes em cinco anos, mais usuários de lorcasserina foram diagnosticados com câncer em comparação com pacientes que usavam o placebo (um tratamento inativo).

A causa da doença ainda é incerta e os agentes afirmam não poder concluir que o remédio contribua para o risco de câncer. "No entanto, queríamos conscientizar o público sobre esse risco potencial. Continuamos a avaliar os resultados dos ensaios clínicos e comunicaremos nossas conclusões e recomendações finais quando concluirmos nossa revisão", diz o comunicado.

Os resultados atuais ainda não são suficientes para o não aconselhamento do uso, mas os agentes pedem cautela: "Os profissionais de saúde devem considerar na hora da prescrição se os benefícios de tomar a lorcasserina (droga presente no remédio) provavelmente excederão os riscos potenciais". Quem faz uso do medicamento deve conversar com o médico sobre esse risco encontrado pela FDA, a fim de tomar a melhor decisão sobre seu tratamento.

Os agentes ainda pedem que os profissionais de saúde e os pacientes relatem os efeitos colaterais envolvendo o medicamento, para que eles rastreiem problemas de segurança.

No Brasil, o Belviq foi aprovado em 2016 como complemento à dieta de redução de calorias e atividade física aumentada para o controle de peso crônico em pacientes obesos ou com sobrepeso.

VivaBem no Verão - 2ª edição

O VivaBem está no litoral paulista com o VivaBem no Verão. São dois espaços na Riviera de São Lourenço (Bertioga) com diversas opções de atividades físicas, lazer, cultura e comidas para você curtir o calor com a família ou os amigos. Saiba mais sobre o evento aqui e venha nos visitar!

Data: de 26 de dezembro de 2019 até o dia 09 de fevereiro de 2020, de quinta a domingo
Horário de funcionamento: das 9h até as 13h (praia) e das 17h até a 1h (arena)
Endereço arena: Av. Riviera, s/n, próximo ao shopping
Local do espaço na praia: canto direito da praia de Riviera de São Lourenço
Entrada: gratuita

Saúde