PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Esperma com bolinhas gelatinosas é normal? Entenda o que pode ser

iStock
Imagem: iStock

Marcelo Testoni

Colaboração para o Viva Bem

10/01/2020 04h00

Muitos homens, especialmente os que costumam se masturbar, estranham quando ejaculam e percebem no esperma pequenas bolinhas gelatinosas, tipo sagu. Será uma infecção? Alguma IST (infecção sexualmente transmissível)? Um problema na produção dos espermatozoides?

Se não houver dor nos testículos ou na parte baixa do abdome e nem desconforto ao urinar e ejacular, Rodolfo Favaretto, urologista do Hospital Santa Marcelina (SP), esclarece: "Provavelmente trata-se de uma alteração benigna, causada pela coagulação do sêmen, também chamada de corpúsculos de lecitina, sem nenhuma importância clínica".

Segundo o especialista, essa coagulação ocorre quando as proteínas presentes no sêmen, em sua maioria compostas por albumina, se compactam, criando as bolinhas, que geralmente já saem formadas na ejaculação. Quando o esperma fica exposto ao ambiente externo, ele também pode coagular, mas, minutos depois, por desnaturação da proteína, se liquefaz.

O que causa a coagulação do esperma?

O crescimento natural da próstata (hiperplasia), que é uma glândula, pode afetar as proteínas que são produzidas dentro dela e contribuir para a coagulação, deixando o esperma com uma consistência mais grumosa. Essa condição é muito comum em homens mais velhos. Já quando a coagulação acomete homens jovens, se estiver desacompanhada de outros sintomas, pode sugerir apenas uma mudança de pH do esperma.

"Existem substâncias no sêmen responsáveis pela coagulação, para aumentar sua adesão às paredes vaginais e uterinas e facilitar a fecundação dos espermatozoides", explica Christian Fuhro, urologista da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, acrescentando que o esperma também pode mudar de aspecto influenciado pelo grau de hidratação, período de abstinência sexual, dieta alimentar, uso de medicamentos e alteração de níveis hormonais.

Agora, quando a coagulação vem acompanhada de dor, ardência e desconforto genital, o mais provável é que tenha como causa infecções e inflamações, como de próstata, testículos, epidídimos e vesículas seminais. Até atividades como ciclismo e cavalgada, por pressionarem a próstata por muito tempo, podem provocar processos inflamatórios e, consequentemente, alterações no sêmen.

Como diferenciar de doenças

Quando se trata de corpúsculos de lecitina, geralmente não há alteração na cor ou no odor do esperma, apenas as bolinhas gelatinosas. No entanto, quando há nele viscosidade, pus, coloração mais amarelada, ou até amarronzada, com odor forte e variação de volume, processos infecciosos e inflamatórios podem ser os responsáveis, como já mencionado.

"Depende muito da causa. Alteração de cor pode indicar inflamação ou sangramento, por exemplo, enquanto que de cheiro pode significar infecção. Em jovens, essas alterações tendem a estar relacionadas mais a IST ou trauma", informa Júlio Bissoli, urologista do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo.

Bolinhas gelatinosas não requerem tratamento

Havendo suspeitas, para o homem não ficar preocupado e ter certeza de que não está com uma doença, ou algum outro problema, é preciso que ele procure um médico urologista para ser examinado. Em se tratando apenas da presença dos corpúsculos de lecitina no sêmen, não existe tratamento.

"Aumentar a hidratação e mudar a dieta pode funcionar. Alguns alimentos, como aspargos e palmitos, ou mesmo frutas ácidas, por exemplo, podem alterar o odor e o aspecto das secreções", comenta o urologista Christian Fuhro.

Na presença de demais sintomas, será necessária uma investigação mais aprofundada. "Realizamos exames de espermograma mais espermocultura para descobrir se há ou não presença de bactéria no esperma e, se houver, que tipo é. Também aplicamos um teste laboratorial chamado antibiograma, para verificar a resistência dessa bactéria a medicamentos e, após o resultado, iniciamos o tratamento do paciente com antibióticos", explica Favaretto.

Em casos suspeitos, não conclusivos, podem ser pedidos exames adicionais, como do tipo urina 1 (para identificar alterações no sistema urinário e renal, devendo ser feito através da análise da primeira urina do dia, já que encontra-se mais concentrada) e de imagem, entre as quais radiografia, ultrassonografia e tomografia computadorizada, para obter mais detalhes.

VivaBem no Verão - 2ª edição

O VivaBem está no litoral paulista com o VivaBem no Verão. São dois espaços na Riviera de São Lourenço (Bertioga) com diversas opções de atividades físicas, lazer, cultura e comidas para você curtir o calor com a família ou os amigos. Saiba mais sobre o evento aqui e venha nos visitar!

Data: de 26 de dezembro de 2019 até o dia 09 de fevereiro de 2020, de quinta a domingo
Horário de funcionamento: das 9h até as 13h (praia) e das 17h até a 1h (arena)
Endereço arena: Av. Riviera, s/n, próximo ao shopping
Local do espaço na praia: canto direito da praia de Riviera de São Lourenço
Entrada: gratuita

Saúde