Topo

Alimentação

Ideias e informações para você comer melhor


Alimentação

Dieta de Simone exclui arroz com feijão, mas alimentos não são vilões

MANUELA SCARPA/BRAZIL NEWS
Imagem: MANUELA SCARPA/BRAZIL NEWS

Danielle Sanches

Do VivaBem, em São Paulo

12/11/2019 15h23Atualizada em 12/11/2019 21h05

A cantora Simone, da dupla com Simaria, revelou em seu Instagram que não está sentindo falta de arroz com feijão no dia a dia —a combinação foi retirada de seu cardápio desde que ela retomou uma dieta para perder peso.

O programa que a cantora segue é feito pela equipe da influenciadora Mayra Cardi, empresária, analista comportamental, coach e já atuou nos programas de emagrecimento de Cleo Pires e Larissa Manoela, entre outras personalidades.

"Eu não estou estranhando ainda a falta do arroz com feijão. Porque foi tirado tudo isso. Carne não estou sentindo falta, talvez mais para frente venha essa vontade de comer", disse a cantora, que já desabafou nas redes sobre sua luta contra o ponteiro da balança.

Mas será que quem deseja emagrecer precisa sempre cortar do cardápio essa combinação tão comum no prato dos brasileiros? A resposta é depende. "Toda dieta deve ser personalizada e calculada por um nutricionista, que vai conseguir identificar na consulta quais alimentos precisam ser substituídos e quais devem ser incluídos", explica Cynara Oliveira, nutricionista e supervisora do Departamento de Nutrição do Hospital Santa Lúcia, de Brasília.

Segundo ela, apesar de o feijão e, principalmente, o arroz às vezes serem apontados como vilões, já que são ricos carboidratos, em muitos casos eles não são os responsáveis pelo ganho de peso e, sim, o consumo exagerado de alimentos ricos em gorduras e açúcares, como refrigerante, doces, frituras e fast-food. No entanto, é importante ter em mente que também não é errado reduzir o consumo desses alimentos para emagrecer. Se você não sentir falta desses alimentos, sua nutricionista pode optar por outras fontes de carboidratos, como batata-doce e quinoa, sem problema.

Razões para apostar no arroz e feijão

Se você gosta do arroz e feijão, pode e deve incluir a dupla no prato mesmo que seu objetivo seja emagrecer. Isso porque a sinergia alimentar que ambos possuem quando consumidos juntos proporcionam um benefício maior à saúde do que se os alimentos fossem ingeridos de forma separada.

"O arroz é rico em um aminoácido chamado metionina e pobre em lisina. Já o feijão é pobre em metionina e rico em lisina. Juntos, esses aminoácidos formam uma proteína completa e de alto valor biológico", explica Oliveira. "E proteínas auxiliam no emagrecimento, já que ajudam na saciedade e na ativação do metabolismo."

A nutricionista lembra ainda que é possível adaptar o modo de preparo do arroz com feijão para mantê-lo na dieta sem prejuízos. "O ideal é reduzir a quantidade de óleo que se usa e evitar colocar bacon ou linguiça no caldo do feijão, o que torna a preparação mais calórica", diz.

Podcasts do UOL
Ouça o podcast Maratona, em que especialistas e corredores falam sobre corrida. Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas de áudio.

Alimentação