Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

O que é insuficiência renal, possível causa da morte de Walter Mercado

Walter Mercado morreu aos 87 anos de provável insuficiência renal - Giorgio Viera/Efe
Walter Mercado morreu aos 87 anos de provável insuficiência renal Imagem: Giorgio Viera/Efe

Do VivaBem, em São Paulo

03/11/2019 15h49

Famoso pelo bordão "ligue já", Walter Mercado Salinas, mais conhecido como Walter Mercado, morreu na noite do sábado, 2, aos 87 anos. Ele estava internado no Hospital Auxilio Mutuo, em San Juan, capital de Porto Rico. A causa da morte foi uma provável falência renal causada pela insuficiência dos rins.

A morte do astrólogo foi confirmada pelo assessor dele, Omar Matos, à rede de TV portorriquenha Telemundo. Desde o fim de outubro, notícias sobre a deterioração do seu estado de saúde já vinham sendo divulgadas.

A insuficiência renal ocorre quando os rins não são capazes de filtrar devidamente os resíduos metabólicos (como sais) do sangue. Quando isso acontece, esse resíduos podem chegar a níveis excessivos, causando um desequilíbrio prejudicial ao funcionamento do organismo como um todo.

O quadro tem muitas causas possíveis. Algumas levam a uma rápida diminuição da função renal (causando a chamada de lesão renal aguda), enquanto outras causam esse declínio de forma gradual (provocando uma doença renal crônica). A falta de filtração no sangue pode causar anemia e deficiência de vitamina D, entre outros problemas.

No caso da lesão renal aguda, ela é comum em pacientes que já estão no hospital por outra condição, e pode evoluir bastante rápido dependendo do estado de saúde do indivíduo. Geralmente, pessoas que estão em estado grave e necessitam de cuidados intensivos têm mais chance de desenvolver o quadro.

A insuficiência renal é considerado fatal e precisa de cuidados intensivos para ser revertido com sucesso.

Principais sintomas:

  • Diminuição da produção de urina, embora, ocasionalmente, a urina permaneça normal
  • Retenção de líquidos, causando inchaço nas pernas, tornozelos ou pés
  • Sonolência
  • Falta de fome
  • Falta de ar
  • Fadiga
  • Confusão
  • Náusea e vômitos
  • Convulsões ou coma, em casos graves
  • Dor ou pressão no peito

Diagnóstico

O diagnóstico é geralmente feito a partir de medições da produção de urina; exames de urina, de sangue e de imagem (como ultrassom e tomografia); e até mesmo a remoção de amostra de tecido do rim para avaliação.

A insuficiência renal aguda também pode ser assintomática, isto é, não causar nenhum sinal ou sintoma. Por isso, também é comum que ela seja detectada em testes de laboratório realizados por outras razões.

Tratamentos

A principal forma de tratamento é tratar a causa da insuficiência renal — e há algumas causas para isso. Por exemplo, pode ser necessário restaurar o fluxo de sangue para os rins, ou mesmo reduzir ou parar os medicamentos que estão causando problemas, ou até remover uma obstrução do trato urinário.

No entanto, algumas medidas universais são recomendadas para tratar o problema. Mudar a dieta (com mais carboidratos e menos proteínas, para evitar o acúmulo de toxinas eliminadas pelos rins) e trocar ou parar medicamentos (antibióticos, diuréticos e até cálcio podem ser recomendados) são medidas que costumam ser utilizados nesse tratamento.

Por último, a diálise também pode ser recomendada (mas nem todos os casos precisam dela). O processo envolve o desvio do sangue para fora do corpo, em uma máquina que filtra os resíduos. O sangue limpo então é devolvido ao organismo. Em último caso, é possível avaliar também a possibilidade de transplante de rim.

Fontes: Sociedade Brasileira de Nefrologia; Manual MSD.


Podcasts do UOL
Ouça o podcast Maratona, em que especialistas e corredores falam sobre corrida. Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas de áudio.

Saúde