Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Atleta do vôlei é afastada por tumor no coração; entenda condição rara

Cirurgia é a mais indicada para tratar problema  - Reprodução/Instagram
Cirurgia é a mais indicada para tratar problema Imagem: Reprodução/Instagram

Priscila Carvalho

Do UOL ViVabem, em São Paulo

10/05/2019 18h20

Resumo da notícia

  • A atleta do vôlei Bruna Honório foi afastada das quadradas devido a um tumor no átrio esquerdo do coração
  • Não se sabe ainda se o tumor é maligno ou benigno, de qualquer modo esse tipo de condição é considerada rara
  • A intervenção cirúrgica é indicada para esse tipo de caso e pode deixar a jogadora afastada por até 3 meses após a operação

A jogadora Bruna Honório foi afastada da seleção feminina de vôlei nesta sexta-feira (10) por causa de um tumor no átrio esquerdo do coração. Ainda não há informações se o tumor é benigno ou maligno mas, segundo a Confederação Brasileira de Vôlei, mais exames serão feitos no início da semana que vem.

De acordo com Bruno Valdigem, cardiologista do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia e do Hospital Albert Einstein, a condição é rara. "Tumores do coração aparecem em torno de 0,02% da população mundial", afirma.

Caso o tumor seja maligno, a cirurgia para retirada deve ser feita com urgência. Isso porque, ele pode se espalhar para outros órgãos, como pulmão ou ossos em volta. Se for benigno, ainda assim a intervenção cirúrgica é indicada na maioria dos casos --a posição do tumor pode atrapalhar o fechamento das válvulas e predispor a trombos e AVC. Após a cirurgia, a atleta deverá ficar três meses longe das quadras.

Ser atleta não reduz risco

Não se sabe ao certo o que leva à formação desses tumores, mas ser atleta ou praticar exercícios, como é o caso Bruna Honório, não reduz as chances de ter esse problema, explica Valdigem.

Ele diz ainda que idade média do diagnóstico é de 56 anos, mas em casos em que há pessoas da família com problemas do coração, a doença pode se manifestar a partir dos 25 anos de idade.

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube