PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Médica tira lipoma gigante em vídeo; tumor é benigno e pode crescer rápido

bortonia/iStock
Imagem: bortonia/iStock

Giulia Granchi

Do UOL VivaBem, em São Paulo

02/04/2019 17h42

Resumo da notícia

  • Vídeo da cirurgia feita em 2017 voltou a fazer sucesso nas redes, gerando dúvidas nos internautas
  • Lipoma é um tumor benigno formado por células adiposas
  • Médicos não sabem por que a massa se forma, e ela pode sumir sozinha ou ser retirada com cirurgia

O vídeo de um procedimento cirúrgico para tirar um lipoma gigante da nuca de um paciente chocou os seguidores da famosa Dr. Pimple Popper (Sandra Lee), dermatologista conhecida por filmar a extração de espinhas e cravos.

A retirada ocorreu em 2017, mas a dermatologista norte-americana republicou o vídeo em seu Instagram nessa semana, causando choque em muitos seguidores que não viram o vídeo anteriormente (só veja se você tem estômago forte). Tão impressionante quanto as imagens é seguinte dúvida: o que é o problema e como alguém pode deixar algo ficar tão grande assim no corpo?

O que é o lipoma?

O lipoma é um tumor benigno de gordura, que fica acumulado abaixo da pele, no tecido subcutâneo "As células se reproduzem fazendo com que a região, que pode ser qualquer lugar do corpo, mas mais comumente axilas, nuca, tronco e ombros, aumente de tamanho", aponta Tatiana Gabbi, dermatologista do Hospital das Clínicas.

De acordo com a médica, não se sabe exatamente por que acontece a divisão celular que causa o lipoma, mas muitas vezes os pacientes acometidos têm histórico familiar. É comum que o problema desapareça sozinho, mas em caso de dor, incômodo por ter um "caroço" ou dúvida de seu caráter benigno, a retirada é aconselhável. "Existem diferentes técnicas para extraí-lo. Tudo vai depender do local exato em que o tumor se encontra, se está entre o músculo e a gordura, se é mais superficial como o do vídeo...", indica.

É normal que o lipoma seja grande?

Na maioria dos casos, ele não fica tão grande quanto o mostrado no vídeo. Também é mais comum que o crescimento seja lento, apesar de não ser uma regra. "O lipoma pode, sim, aumentar de tamanho rapidamente, o que não deve assustar os pacientes, que podem ter medo de ser algo maligno. A forma correta de determinar isso, além do exame clínico, é examinar as células, um trabalho do patologista", explica Gabbi.

Geralmente, pacientes que deixam o tumor se alargar muito são os que não têm condições financeiras para realizar o procedimento ou possuem alguma limitação que impede a cirurgia.

Diferenças entre o tumor benigno e o maligno

O lipoma apresenta características como:

  • Forma arredondada;
  • Bordas regulares;
  • Massa firme e elástica;
  • Nódulos macios que se movimentam sutilmente quando pressionados.

Já o lipossarcoma, a versão maligna do tumor, apresenta aspectos como:

  • Nódulo endurecido;
  • Bordas irregulares;
  • Difícil mobilidade;
  • Crescimento acelerado.

Ao notar os sinais da massa, os pacientes devem procurar um médico para que o diagnóstico seja feito corretamente e o mais rápido possível.

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube

Saúde