PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Transei sem proteção: quando faço o teste de gravidez? O de farmácia falha?

Os testes de gravidez de farmácia são confiáveis?  - iStock
Os testes de gravidez de farmácia são confiáveis? Imagem: iStock

Gabriela Ingrid

Do UOL VivaBem, em São Paulo

01/02/2019 04h00Atualizada em 05/03/2021 15h57

Receber a notícia de uma gravidez sempre é uma surpresa (ou um choque). E para acabar com a dúvida (e a ansiedade) o mais rapidamente possível, muitas mulheres fazem testes de gravidez de farmácia antes de procurar um especialista e realizar o exame de urina ou de sangue.

Mas será que os dispositivos vendidos na farmácia são confiáveis? Existe mesmo um resultado falso-positivo? A partir de quando a mulher pode realmente duvidar estar grávida?

Respondemos as principais questões sobre os testes de gravidez a seguir.

Como funciona o teste de gravidez?

Os testes vendidos em farmácia usam uma reação química que capta a presença do hormônico HCG (gonadotrofina coriônica humana) na urina. Essa substância só aparece durante a gravidez e serve para manter o corpo lúteo, uma formação no ovário que aparece toda vez que a mulher ovula.

Quando a urina entra em contato com a tira do teste, os anticorpos presentes na fita procuram uma das duas subunidades do HCG conhecida como beta. Se ela for encontrada no xixi, os anticorpos se juntam a ela e provocam uma reação química que libera cor.

Sempre vai aparecer uma linha, para mostrar que o exame está funcionando. A segunda linha só aparece quando o beta HCG é detectado, confirmando a gravidez.

Quando suspeitar de uma possível gravidez e investir em um teste?

Dá para saber se a mulher está grávida a partir do décimo dia de fecundação, mas os especialistas recomendam que o teste de farmácia seja feito somente depois que a menstruação atrasar.

O beta HCG pode dar positivo com apenas um dia de atraso menstrual. O problema é que a gravidez nem sempre faz a menstruação atrasar em um mesmo período de tempo em todas mulheres.

A maior precisão ocorre naquelas que possuem ciclos regulares de 28 dias, que tiveram relação a pelo menos cada dois dias no período fértil (10º ao 18º dia) e que, obviamente, o casal seja fértil. Às vezes, esses sintomas vêm associados com sensibilidade mamária e urgência urinária.

Transei de legging. Corro o risco de engravidar, Jairo?

VivaBem

Tem algum período em que o teste não vai funcionar?

Sim. Obviamente, em ciclos irregulares pode ser mais difícil prever uma gravidez em apenas um dia de atraso da menstruação. Mas mesmo em ciclos regulares o teste pode "falhar". Isso é mais comum quando há atraso da ovulação em um ou dois dias (não ovulou no 14º dia), por exemplo. Por esse motivo, é recomendado repetir o teste três ou quatro após a primeira "checagem".

Há a possibilidade de um "falso-negativo" ou "falso-positivo"?

Nos exames de laboratório não, mas nos de farmácia, sim. O "falso-positivo" geralmente ocorre devido a uma patologia que produz HCG, como o desenvolvimento anormal do ovo ou até tumores. Já o "falso-negativo" é mais comum quando há um erro de cálculo do período fértil.

Os testes de farmácia são confiáveis?

Sim, os testes são confiáveis. Mas os especialistas costumam recomendar fazer também o exame de sangue, que é ainda mais preciso e detecta a gravidez até mesmo antes do atraso da menstruação.

O teste de sangue é mais sensível porque a concentração de hormônio é maior no sangue do que no xixi. A análise do sangue determina ainda a concentração do beta-HCG, que ajuda a determinar se a gestação está progredindo ou não —no início da gravidez, a quantidade do hormônio dobra a cada 48 horas.

Fontes: Silvana Quintana, professora associada do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto e vice-presidente da Comissão Nacional Especializada de Trato Genital Inferior da Febrasgo (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetricia); e Carlos Alberto Politano, ginecologista e obstetra, membro da Sociedade Brasileira de Reprodução Humana e da Febrasgo.

VivaBem no Verão

O UOL VivaBem está no litoral paulista com o VivaBem no Verão. Um espaço com atividades para você se exercitar, mas também curtir e relaxar na entrada da Riviera de São Lourenço. Venha nos visitar!

Data: até dia 03 de fevereiro de 2019, de quinta a domingo
Horário: das 16h às 00h
Endereço: Avenida da Riviera, ao lado do shopping, na praia de Riviera de São Lourenço
Entrada: gratuita

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube

Saúde