PUBLICIDADE

Topo

Investir em peixe e legumes na dieta pode atrasar a menopausa em até 3 anos

Cada porção adicional de 85 gramas de peixe por dia pode retardar o processo em cerca de três anos - iStock
Cada porção adicional de 85 gramas de peixe por dia pode retardar o processo em cerca de três anos Imagem: iStock

The New York Times

08/05/2018 19h42

Deixar seus pratos cheios de peixe e vegetais pode atrasar o início da menopausa, de acordo com um novo estudo publicado no Journal of Epidemiology and Community Health.

Cientistas britânicos usaram dados sobre a saúde e o comportamento de mais de 9 mil mulheres, com idades entre 40 e 65 anos, que foram acompanharam por quatro anos. A dieta das voluntárias foi avaliada com um questionário detalhado de frequência alimentar, que continha 217 perguntas com detalhes como o tamanho de cada porção ingerida.

Veja também:

No decorrer da pesquisa, e depois de excluir as mulheres que estavam grávidas, usavam terapia de reposição hormonal ou tinham menopausa induzida, havia 914 mulheres que passaram pela menopausa naturalmente.

Com as respostas, o estudo constatou que a idade média na menopausa é 51 anos. Mas isso não é regra. De acordo com os cientistas -que consideraram variáveis como Índice de Massa Corporal, tabagismo e consumo de álcool, a cada adicional de 70 gramas por dia de leguminosas frescas, como ervilhas ou feijão, a menopausa foi atrasada em cerca de um ano. E melhora: cada porção adicional de 85 gramas de peixe pode retardar o processo em cerca de três anos.

Comer arroz refinado e macarrão, por outro lado, estava associado a uma idade precoce para o aparecimento da menopausa.

Ainda não é possível recomendar alimentos com a única e exclusiva intenção de retardar a menopausa, mas os cientistas planejam aumentar os estudos para conseguir explicar com mais detalhamento a relação entre a comida e o processo. 

VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook • Instagram • YouTube