PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Dimas Covas cita 'preciosismo' da Anvisa na aprovação de teste da ButanVac

Dimas Covas participou da coletiva do Governo do Estado no Palácio dos Bandeirantes - Divulgação
Dimas Covas participou da coletiva do Governo do Estado no Palácio dos Bandeirantes Imagem: Divulgação

Sofia Aguiar e Matheus de Souza

30/06/2021 15h21

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, avaliou como "preciosismo" a exigência feita pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de realização de teste adicional para que a vacina da ButanVac inicie a testagem em humanos. "Neste momento, o que nós temos que ter é realmente obter essa autorização para aplicação da vacina", declarou Covas.

Segundo o diretor, nesta semana devem ser recebidos, em Ribeirão Preto, os voluntários para o processo inicial de análise, coletas de sangue e entrevistas para os testes em humanos. Diante do prazo apertado, Covas pediu a compreensão do órgão regulador para a autorização do imunizante.

"Nós aguardamos que haja, por parte da Anvisa, a compreensão do momento, e não se fique a todo momento solicitando testes e testes e testes adicionais que não vão acrescentar nada ao que já foi apresentado", afirmou o diretor, em entrevista coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes.

Na terça-feira, 29, a Anvisa emitiu nota dizendo que o protocolo de pesquisa clínica do imunizante contra a covid-19 já está aprovado, mas que ainda faltam dados específicos para iniciar os testes em humanos. Segundo a agência reguladora, um exemplo dos dados faltantes se refere à inativação do vírus utilizado na vacina.

Saúde