PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

8 causas da sensibilidade nos dentes que você ainda não conhece

Getty Images
Imagem: Getty Images

Helô Oliveira

Colaboração para o VivaBem

20/12/2017 04h15

Aquela dorzinha que você sente ao ingerir uma bebida gelada pode indicar que há algo errado com seus dentes. O desconforto é causado pela hipersensibilidade dentinária, problema que já atinge 70% da população brasileira.

Na maioria dos casos, essa sensibilidade é provocada por uma degradação química do esmalte que, por sua vez, causa um deslocamento da gengiva e a exposição de uma estrutura denominada dentina --uma camada porosa conectada ao nervo central do dente.

Quando o calor ou o frio afetam esse nervo, sentimos dor. Conheça oito hábitos podem desencadear o incômodo:

8 causas da sensibilidade nos dentes

  • iStock

    Alimentos ou bebidas ácidas

    A ingestão de alimentos ou bebidas como refrigerantes, isotônicos, cerveja, iogurte, tomate, vinagre e frutas cítricas pode dissolver gradualmente o esmalte e levar à exposição da dentina. Escovar os dentes logo em seguida agrava o problema, uma vez que o creme dental pode reagir com os ácidos e acelerar a corrosão. Se possível, espere vinte minutos antes de fazer a higiene bucal.

  • Getty Images

    Escovação errada

    A escovação exagerada e com pressão também pode causar o desgaste do esmalte dentário. A dica é sempre usar uma escova com cerdas macias e pontas arredondadas e escovar suavemente e com cuidado, sempre realizando movimentos circulares.

  • iStock

    Bruxismo

    Se você tem o hábito de apertar e ranger os dentes, principalmente durante o sono, procure um dentista agora mesmo. Esse costume é um dos principais causadores da sensibilidade, já que, ao serem pressionados, os dentes estouram os prismas de esmalte, deixando a dentina exposta. Para contornar o problema, é possível usar placas que evitam o contato dos dentes superiores e inferiores.

  • Getty Images

    Clareamento dental

    O componente de branqueamento do produto penetra na dentina e na polpa, localizada no centro do dente, o que pode causar inflamação e sensibilidade temporária. A irritação também pode ser provocada indiretamente pela pressão causada pelo gel aprisionado na moldeira de clareamento. Antes de realizar qualquer procedimento, mesmo que seja caseiro, converse com seu dentista.

  • Getty Images

    Cremes dentais abrasivos

    As pastas de dente que prometem dentes mais brancos conseguem esse feito graças ao polimento do esmalte e à remoção das pigmentações aderidas. Se usadas frequentemente, elas acabam promovendo um desgaste excessivo do esmalte.

  • Getty Images

    Estresse

    Com certeza você já viu alguém irritado apertando os dentes por aí. Essa pressão, muitas vezes inconsciente, também é responsável por sensibilizar os dentes. O mesmo vale para quem faz grandes esforços físicos, como levantar peso.

  • Getty Images

    Piercing dental

    Involuntariamente, muitas pessoas acabam mordendo o piercing ao mastigar ou falar. Resultado? O acessório se choca com o dente e pode danificar o esmalte.

  • Getty Images

    Refluxo

    Muitas pessoas sofrem de refluxo gastroesofágico, doença que faz com que os ácidos produzidos pelo estômago sejam ejetados indevidamente para o esôfago, em vez de seguir o fluxo normal da digestão. Esses ácidos podem chegar até a boca e, ao entrar em contato com a arcada dentária, causar a erosão do esmalte. Hábitos como comer rápido e beber muito líquido durante as refeições podem piorar o quadro.

Fonte: Paulo Vinícius Soares, professor de Dentística e Materiais Odontológicos da Universidade Federal de Uberlândia e membro da Associação Brasileira de Odontologia e Regina Guenka Palma Dibb, professora da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.

Saúde