Topo

Alimentação

Ideias e informações para você comer melhor


Alimentação

10 alimentos que aumentam a imunidade para você incluir no seu cardápio já

Sabia que cogumelos ajudam a fortalecer seu organismo? - iStock
Sabia que cogumelos ajudam a fortalecer seu organismo? Imagem: iStock

Heloísa Oliveira

Colaboração para o UOL

06/09/2017 04h15

Para evitar gripes e resfriados, é preciso fortalecer nosso sistema de defesa, o sistema imunológico, que funciona como uma barreira formada por milhões de células. Entre essas células estão os anticorpos, responsáveis por detectar e destruir a ameaça causada por invasores como vírus, bactérias, fungos e até agentes químicos, como venenos. Quando alguma parte do sistema falha, os anticorpos não são produzidos na quantidade correta e se tornam incapazes de nos proteger. Com isso, o organismo fica vulnerável a uma série de doenças.

Fontes: Fernanda Maluhy, nutricionista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz; Efigênia Maria Barreto, nutricionista da Clínica e Espaço Vida Natural (SP); Maria Elisa Yaemi e Rafael Faraco, respectivamente, nutricionista e pneumologista do Hospital e Maternidade São Luiz.

10 alimentos que aumentam a imunidade

  • iStock

    Frutas cítricas

    São excelentes fontes de vitamina C, nutriente que aumenta a produção das células de defesa. Por serem ricas em antioxidantes, também combatem a ação dos radicais livres que enfraquecem o organismo e o deixam propenso à ação de invasores. Aposte em acerola, morango, kiwi, caju, laranja e limão.

  • Getty Images

    Cogumelo

    Além de conter selênio, antioxidante importante para evitar gripes e resfriados, é rico em uma substância chamada lentinana. A lentinana estimula a produção de macrófagos e linfócitos, células de defesa responsáveis pelo aumento da imunidade.

  • iStock

    Iogurte

    Tanto o iogurte quanto o leite fermentado possuem lactobacilos, micro-organismos vivos que melhoram a resposta imunológica do corpo. Beber um copo de um deles todos os dias ajuda a blindar o corpo contra gripes, resfriados e viroses e a combater doenças inflamatórias do intestino.

  • Getty Images

    Nozes

    O destaque fica por conta do zinco, que, além de possuir ação antioxidante, é fundamental para a síntese de células imunológicas. Segundo um estudo realizado pelo Centro Nacional Italiano de Pesquisas sobre Envelhecimento e publicado no periódico Annals of the New York Academy of Sciences, pessoas com mais de 65 anos que ingerem 15 miligramas de zinco por dia apresentam níveis de células do sistema de defesa semelhantes aos encontrados em um jovem.

  • Junior Lago/UOL

    Vegetais verdes escuros

    Fontes de ácido fólico, nutriente que participa da formação de glóbulos brancos, responsáveis pelas defesas do organismo. Invista em brócolis, couve e espinafre --sempre cozidos no vapor para que não percam suas propriedades.

  • Reprodução/davidrosengarten

    Salmão

    Tem como arma poderosa o ômega 3, gordura boa que tem a capacidade de regular certas células imunológicas, ajudar as artérias a permanecerem longe de inflamações e manter o organismo protegido de infecções respiratórias. Sardinha, arenque e atum também são boas pedidas.

  • Reprodução/darkREDcrema

    Tomate

    Riquíssimo em licopeno. Quando absorvido pelo organismo, esse nutriente ajuda a reparar os danos causados pelos radicais livres às células. Também possui betacaroteno, substância que ajuda o corpo a se livrar de infecções e agentes causadores de doenças.

  • Reprodução/Alma Naturals

    Gengibre

    Contém um princípio ativo chamado gengirol, potente antioxidante que tem ação no sistema imunológico. Por possuir vitamina B6, é expectorante e reduz inflamações e dores de garganta.

  • Getty Images/iStockphoto

    Alho

    O alho contém duas substâncias muito importantes para a imunidade: a arginina, aminoácido que fortalece o sistema imunológico, e a alicina, antibiótico natural que estimula a produção de glóbulos brancos. Ele pode ser consumido como chá ou como tempero --mas é preciso que esteja cru, ok? O alho frito ou cozido perde grande parte de sua eficácia.

  • Reprodução/The Inventive Vegetarian

    Abacate

    Contém vitamina E, nutriente que potencializa as defesas do organismo. É importante principalmente para idosos, agindo no combate à diminuição da atividade imunológica causada por conta da idade. Se preferir, pode substituí-lo por abóbora.

E lembre-se!

  • Mantenha o corpo hidratado

    Ingerir líquidos é essencial para manter o sistema imunológico sob controle. "A hidratação ajuda na regulação da temperatura do corpo, na filtração dos rins, na eliminação de toxinas e na hidratação da pele e do cabelo. Tudo isso contribui para o fortalecimento da imunidade", destaca Rafael Faraco, pneumologista do Hospital e Maternidade São Luiz. Um chá quentinho (adoçado com mel!) também é uma boa opção --além de saudável, ele fornece calor e conforto à garganta.

  • Evite fumar e beber

    Atitudes como evitar a ingestão de álcool e o uso de cigarro, fazer exercícios físicos regularmente, fugir de situações de estresse e ter uma boa noite de sono contribuem, e muito, para manter o organismo blindado.