PUBLICIDADE

Topo

Taise Spolti

Conheça os nutrientes indispensáveis na rotina de cuidados com a pele

pele bonita - iStock
pele bonita Imagem: iStock
só para assinantes
Taise Spolti

Formada em educação e em nutrição, Taise Spolti é ex-fisiculturista e participou do programa Masterchef, da Band. Em sua coluna, traz receitas que aliam ingredientes saudáveis à gastronomia, além de mostrar como a alimentação equilibrada, a prática de exercícios e outros bons hábitos são essenciais para trilhar o caminho da saúde e do bem-estar físico e mental.

Colunista do UOL

03/07/2022 04h00

Uma das maiores queixas entre mulheres que estão entre 30 e 40 anos é a flacidez, as estrias e a perda de colágeno —em resumo, queixas com a pele. Mas essa reclamação não é exclusiva de mulheres. Nos últimos anos, a procura por tratamentos estéticos e abordagens nutricionais e suplementares para melhora do aspecto da pele aumentou entre o público masculino.

Os nutracêuticos são suplementos especiais de nutrientes voltados a reposição, tratamento ou manutenção de determinadas necessidades de cada indivíduo. Eles desempenham papéis importantes no organismo, pois as concentrações são maiores do que o encontrado naturalmente em uma porção do alimento isoladamente, ou então, do conjunto alimentar diário.

Muitas vezes, a suplementação se faz necessária, e os nutracêuticos, especialmente, são os suplementos de nutrientes direcionados a estética, a beleza e saúde da pele, cabelos, unhas e outras finalidades.

Na queixa que envolve a saúde da pele, cabe lembrar que a necessidade de hoje é resultado das escolhas do passado, somado a condição genética, ou seja: a pele que temos hoje é resultado da sua condição genética e dos hábitos de vida de todos os anos passados.

São determinantes, não somente para a pele mas para outros sistemas do nosso organismo, a alimentação da nossa mãe durante a gestação, passando pela introdução alimentar, alimentação na infância, hábitos da adolescência e hábitos da vida adulta.

Mas sobre a saúde da pele, flacidez e outras condições, a alimentação inadequada ao longo da vida e o abuso do álcool e cigarro, são determinantes para que o indivíduo chegue aos trinta e poucos anos com pele desnutrida, fraca e que com o passar dos anos aumente a flacidez, rugas, celulite, estrias e outras condições.

Fatores que prejudicam a pele

Separei alguns nutrientes que são os mais usados e indicados para a saúde da nossa pele, mas antes, quero lembrar dos fatores que mais interferem a saúde e beleza da nossa pele:

Cigarro, poluição, álcool, algumas drogas de uso contínuo, anticoncepcional oral, corticosteroides, frituras, alimentação rica em conservantes e aditivos químicos, e em destaque, o açúcar —de todos os males, o açúcar ainda está no topo.

Seu consumo provoca um processo chamado glicação, quando esse excesso de consumo de açúcares causa uma ligação da glicose com proteínas específicas, como elastina e colágeno. Nesta ligação, a proteína perde sua capacidade e instabiliza, se quebrando.

No caso da pele, e também de vasos sanguíneos —destaque para o perigo dessa glicação para a saúde cardiovascular— o colágeno e a elastina se quebram e não conseguem mais retornar ao aspecto anterior. Sendo assim, naquela região danificada haverá perda do tônus, da resistência, e isso é o que as pessoas conhecem como flacidez.

Nesta região, também haverá inflamação, com formação de celulite, e possivelmente estrias, pela incapacidade do tecido de receber nutrição adequada para a elasticidade sem danos.

Uma boa hidratação oral, além de cremes e óleos, e uma dieta com baixa ingestão de açúcares, desde a infância, são os fatores que mais colaboram com a manutenção de uma boa pele tonificada, hidratada e nutrida.

Veja lista dos principais nutracêuticos que ajudam na pele

  • Aminoácidos específicos

L-lisina, L-glicina e L-prolina. Estes aminoácidos são cofatores para a síntese de colágeno e podem ser suplementados unindo minerais como auxiliares para melhorar sua absorção, utilização e síntese de proteínas: zinco, cobre e a vitamina C, principalmente.

  • Peptideos de colágeno

Você com certeza já ouviu falar do suplemento Verisol, uma marca patenteada de peptídeos de colágeno do tipo especifico para síntese de colágeno na pele.

Não existe somente ele no mercado, mas o cofator para síntese naturalmente dentro do nosso corpo mais estudado e indicado, com comprovações cientificas, com certeza é ele. A suplementação pode ser feita de forma isolada, porém a forma mais eficaz é em conjunto com outros componentes, e que podem ser encontrados facilmente em pó pronto, ou manipulados pelo seu nutricionista —como vitamina C, silício orgânico e zinco.

  • Silício orgânico

Nutriente que é componente ativo na matriz extra celular e age na enzima prolina hidroxilase, formando novo colágeno em tecido conjuntivo. Tanto o silício, como os aminoácidos e os peptídeos de colágeno, não são passíveis de ingestão pela alimentação, pois as concentrações são superiores e adequadas a necessidade ideal diária que deveríamos ingerir para manter a pele firme.

  • Proteínas

A alimentação com baixa concentração de proteína é um sinal de que os outros nutrientes estão em excesso, sendo eles, a gordura e os carboidratos. Uma alimentação rica em gorduras e carboidratos geralmente é descompensada em micronutrientes (vitaminas e minerais).

Quando vitaminas e minerais, assim como a proteína, são deixados de lado, uma cascata de situações acontecem na nossa saúde, e uma delas é pelo nosso maior órgão, a pele.

Mantenha uma alimentação rica em proteínas e distribuídas ao longo do dia para que seu corpo não precise retirar de seu estoque para outras funções. Quando ingerimos pouca proteína, o organismo necessita retirar dos estoques a proteína e aminoácidos necessários para outros ciclos, sendo assim, a retirada da proteína da pele, cabelo e unhas se faz necessária.

Mantenha então uma alimentação com proteínas, leves e completas, e na suplementação podemos citar o whey protein (proteína isolada do soro do leite).

  • Camellia Sinensis

Conhecido chá verde, em alta concentração ou distribuído ao longo do dia em diferentes momentos, é um poderoso antioxidante e antiinflamatório, que auxiliará nos efeitos adversos da glicação e da má alimentação. De forma mais clara: reduz os efeitos dos radicais livres e de toda inflamação que os maus hábitos causam no organismo. Dois principais componentes para a saúde da pele: fotoproteção e alimentação limpa.

Se você já toma algum nutracêutico, ou está precisando conhecer mais dos principais, me conta mais no Instagram.