Conteúdo publicado há 1 mês

Homem é preso após matar mulher que o questionou por usar banheiro feminino

O homem suspeito de matar uma mulher a tiros após uma briga sobre o uso do banheiro feminino de um bar foi preso.

O que aconteceu

Suspeito foi encontrado ontem. Ele é investigado pelo assassinato da cantora Shirlene Alves após uma discussão em um bar de Senador Canedo em 17 de março.

Shirlene reclamou que o suspeito estava usando o banheiro feminino. Eles trocaram xingamentos após o homem perguntar se ela estava incomodada, contaram testemunhas à polícia.

O homem saiu, buscou uma arma em casa e atirou três vezes contra Shirlene. Ela foi atingida na cabeça e morreu no local.

Ele será investigado por homicídio qualificado por motivo fútil. O homem já tem várias anotações criminais, informou a Polícia Civil de Goiás.

Deixe seu comentário

Só para assinantes