Conteúdo publicado há 2 meses

Polícia arma falsa entrevista de emprego e prende suspeito de esfaquear ex

A Polícia Civil do Paraná prendeu um homem de 29 anos, suspeito de esfaquear a ex-companheira, ao atraí-lo para uma falsa entrevista de emprego, em Colombo (PR).

O que aconteceu

Polícia usou "falsa entrevista de emprego" para capturar suspeito. A Polícia do Paraná chamou o homem, que estava desempregado, para uma falsa entrevista de emprego. Entretanto, ao chegar no local marcado, o homem foi recebido pelos policiais e foi preso preventivamente.

Suspeito tentou matar ex-namorada a facadas. Na véspera de Natal de 2023, o homem teria esfaqueado diversas vezes a ex-namorada, de 28 anos. Ao descobrir que ela não tinha morrido, teria feito novas ameaças e dito que atiraria nela, "já que a faca não tinha sido eficaz", segundo o delegado Igor Felipe Moura, responsável pelo caso.

Casal esteve junto por cinco anos e o homem não aceitou o término. As investigações apontam que as agressões e ameaças eram constantes também ao longo do relacionamento.

Em caso de violência, denuncie

Ao presenciar um episódio de agressão contra mulheres, ligue para 190 e denuncie.

Casos de violência doméstica são, na maior parte das vezes, cometidos por parceiros ou ex-companheiros das mulheres, mas a Lei Maria da Penha também pode ser aplicada em agressões cometidas por familiares.

Também é possível realizar denúncias pelo número 180 — Central de Atendimento à Mulher — e do Disque 100, que apura violações aos direitos humanos.

Deixe seu comentário

Só para assinantes