PUBLICIDADE

Topo

Stalkeadas

Um olhar diferente sobre o que bomba nas redes sociais


Stalkeadas

"Triste com tesão": 7 vezes em que Pabllo resumiu a vida dos solteiros

Pabllo Vittar lançou "Triste com T" na última quinta-feira, 24 - Reprodução / Internet
Pabllo Vittar lançou "Triste com T" na última quinta-feira, 24 Imagem: Reprodução / Internet

De Universa

25/06/2021 13h40

"Você me deixou triste, triste com tesão. Arrombou as portas do meu coração": se existe alguém no mundo da música que sabe descrever exatamente o que acontece na vida de um solteiro, essa pessoa é Pabllo Vittar. Ao longo da carreira, a cantora lançou diversos hits, daqueles que fazem a gente aumentar o volume e bater no peito enquanto canta, tamanha a identificação. O último deles, "Triste com T", faz parte do álbum "Batidão Tropical", lançado na última quinta-feira, 24.

Para celebrar a estreia, Universa relembra outras seis letras da cantora que descrevem exatamente os altos e baixos da rotina amorosa de um solteiro:

1. "Melhor se arrepender do que passar vontade"

Em "Amor de Quenga", Pabllo explica que não é por mal, mas com tanta gente bonita, fica difícil escolher uma só. Sincerona.

2. "Eu te avisei pra não ficar me esperando"

Ninguém é santo e a pista tá fervendo. Na letra de "Problema Seu", Pabllo dá aquele aviso: se a gente avisa que quer continuar solteiro e mesmo assim a outra pessoa se apaixona, não tem muito o que fazer.

3. "Piranha também ama"

Não só ama, como chora e sofre se a pessoa com quem está ficando vai embora. Em "Ama Sofre Chora" nossa representante das piranhas românticas relembra que responsabilidade afetiva é bom e todo mundo gosta.

4. "Minha boca é quente, vem. Não tem igual"

Quem passar mal, passou. A letra de "Corpo Sensual" fala por si mesma, né?

5. "Se eu te chamo na segunda, não vem quarta, não vem quinta"

"Todo dia" é aquele lembrete gostoso de que não adianta querer mandar, não funciona assim.

6. "Diz que me ama quando bebe"

Em "Disk", Pabllo descreve aquela situação pela qual todo solteiro já passou: uma ligação às quatro da manhã pra falar de amor. Coragem, né?

Stalkeadas