PUBLICIDADE

Topo

Transforma

Mulheres protagonizam um mundo em evolução


'Não importa quão boa você é', diz Simone Biles sobre padrões de beleza

A ginasta Simone Biles na capa de agosto da revista Vogue americana - Divulgação
A ginasta Simone Biles na capa de agosto da revista Vogue americana Imagem: Divulgação

De Universa

09/07/2020 20h12

Um dos maiores nomes do esporte da atualidade, a ginasta Simone Biles não escapa da pressão por padrões de beleza. Em entrevista para a revista Vogue americana, que traz a atleta na capa da edição de agosto, a campeã olímpica disse que precisou lidar com muitas críticas pela aparência desde que se tornou conhecida.

"Não importa quão boa você é no seu esporte, na vida, no trabalho, a primeira coisa que as pessoas falam é sobre sua aparência", disse.

A atleta de 23 anos contou que os comentários ofensivos vinham de competidores e do público. "Eles focavam no meu cabelo, o quão grossas minhas pernas eram. Mas Deus me fez assim e sinto que se eu não tivesse essas pernas, não seria capaz de ter tantos movimentos batizados com meu nome", declarou.

Atualmente, Biles é referência em seu esporte, com cinco medalhas olímpicas. No entanto, nem sempre se viu representada antes de se tornar um exemplo para outras atletas negras.

"Ao crescer, não vi muitas ginastas negras. Então, toda vez que via, me sentia totalmente inspirada a tentar ser tão boa quanto elas. Lembro de assistir Gabby Douglas nas olimpíadas de 2012 e pensar: 'Se ela pode fazer, eu também posso'."

Ela faz questão de deixar claro que não quer comparações. "Não sou a próxima Usain Bolt ou Michael Phelps. Sou a primeira Simone Biles", declarou.

Transforma