PUBLICIDADE

Topo

Atriz de 'Malhação: Viva a Diferença' fala sobre questões de autoestima

Gabriela Medvedovski interpreta Keyla, que se sente insegura com o próprio corpo - Globo/Marília Cabral
Gabriela Medvedovski interpreta Keyla, que se sente insegura com o próprio corpo Imagem: Globo/Marília Cabral

De Universa, em São Paulo

13/05/2020 20h48

A personagem Keyla, de "Malhação: Viva a Diferença", lida com um problema muito comum: insegurança com o próprio corpo. Ela decidiu começar a ingerir pílulas para emagrecimento sem acompanhamento médico.

Nos episódios que vão ao ar a partir de segunda-feira (18), ela passa mal em uma festa e precisa ser levada às pressas para o hospital. A atriz Gabriela Medvedovski, que dá vida à personagem, falou hoje sobre a busca pelo corpo perfeito, que descreveu como "ditadura do inatingível".

"É visível pra mim que a Keyla reproduz esse comportamento em busca de ser uma mãe perfeita, uma namorada perfeita e que seja "apresentável" para o seu namorado e todos ao seu redor. Ela não busca estar só bem consigo mesma, mas também estar bem para o Tato, que não tem nada a ver com isso. Ele, inclusive, tenta fazer ela enxergar que o que importa para ele vai muito além do corpo."

Gabriela lamenta que até em tempos de pandemia a pressão estética domina as redes sociais: "Durante a quarentena, tenho visto diariamente uma enxurrada de conteúdo incentivando a atividade física, que é muito importante sim para a saúde, mas não fica claro pra mim se esses conteúdos são feitos em preocupação com a saúde ou em manter o 'padrão'."

Ela espera que a representação do assunto na televisão ajude quem passa pelos mesmos problemas de Keyla:

"Muitas vezes as pessoas banalizam, relativizam essas pressões estéticas ou até não conseguem identificá-las, porque são muito normais no nosso dia a dia. Quando um programa de televisão mostra que uma adolescente consegue ter autoestima para se aceitar do jeito que ela é, isso dá força para outras meninas seguirem seus caminhos nessa direção."

Autoestima