PUBLICIDADE

Topo

Vídeo mostra que até os gatos sofrem quando não têm companhia

Gatinho identificado como Isola chora ao se perceber sozinho - Instagram/@idamyrin
Gatinho identificado como Isola chora ao se perceber sozinho Imagem: Instagram/@idamyrin

De Universa

02/05/2020 13h15

Dona de um gatinho de três anos, a fotógrafa sueca Ida Myrin tem passado a maior parte do tempo em casa com o bichinho, por causa do isolamento social provocado pelo coronavírus. Como o animalzinho, identificado como Isola, estava acostumado a ficar só durante o dia, sua dona resolveu filmar o bichinho por alguns momentos, sem a sua presença, para saber se ele saberá se comportar sozinho após tudo voltar ao normal.

O vídeo corta o coração. Nas imagens, a gente vê Isola com a coleira na boca, miando muito, querendo sair, chamando por alguém.

Em entrevista ao "Bored Panda", Ida explicou que o gato da raça ragdoll é meio mimado e preguiçoso, mas também amoroso, sempre exige muita atenção, e grita toda vez que não é entendido.

"Ele está sempre se movendo para poder nos ver, adora um bom abraço, mas odeia rostos. Quando ele era um gatinho, frequentemente parava o que estava fazendo para bater aleatoriamente no chão. Também pensamos que ele é um pouco claustrofóbico. E ama pés", ela disse.

Num dia em que precisou levar outro gato que tem ao veterinário, Ida teve a ideia de filmar o bichinho por menos de uma hora, para saber como ele reagiria. Ao assistir ao vídeo, ela conta que a primeira reação foi rir, mas depois se entristeceu com os gritos de Isola.

O engraçado, entrega Ida, é que quando retornou para casa com seu outro gato, Isola a ignorou, mas ficou muito feliz em ver seu amigo peludo de volta.

"Ele nem veio dizer 'oi' (como costuma fazer sempre). Foi direto ao outro gato para cheirá-lo", ela explicou.

Isola com o companheiro de quatro patas:

Småsyskon va.

Uma publicação compartilhada por Ida Myrin ? (@idamyrin) em

Fofuras