PUBLICIDADE

Topo

Moda

Tênis híbrido com divisão de dedo 'chinela' é aposta de marcas na passarela

Tênis criado em parceira da Reebok com Maison Margiela  - Reprodução/Instagram
Tênis criado em parceira da Reebok com Maison Margiela Imagem: Reprodução/Instagram

De Universa

23/01/2020 15h38

Você já pensou em usar um calçado que misture referências de bota, tênis e chinelo? A Reebok e a Maison Margiela mostraram na Paris Couture Week um sapato que, à primeira vista, tem tudo para ninguém entender o que, de fato, ele é.

Salto alto? Tem. Cano alto de bota? Também. E o 'miolo' é exatamente um daddy shoes, que caiu no gosto de muita gente desde 2018. Para completar, o tênis traz uma das referências icônicas de Margiela: a marca divisória de dedo, exatamente a que dita a forma de uso de nossos chinelos.

Tênis híbrido da Reebok

Tênis híbrido - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Calçado apareceu nas passarelas de Paris e tem dividido opiniões
Imagem: Reprodução/Instagram

Não é de hoje que o conceito de tênis deixou de ser o esportivo. A cantora Rosalía, por exemplo, já apresentou ao mundo a "sapatilha com sola de tênis", um conceito que não imaginávamos que seria possível existir.

A Reebok e a Maison Margiela mostraram outra opção no desfile de alta costura de Paris, aliando dois sucessos: o tênis Instapump Fury, da primeira marca, e a Tabi, bota com fenda entre os dedos do pé. As duas referências foram marcantes no final dos anos 80.

No Instagram da Reebok, as opiniões dos seguidores ficaram divididos. "O Halloween chegou mais cedo", deixou uma usuária. "Vocês têm que parar", decretou outro. "Quero, quero", opinou mais um. "Parece fofo", escreveu outro usuário. Por enquanto, o tênis ainda não está disponível nas lojas.

Moda