PUBLICIDADE

Topo

Damares condena ataques a filho de Thammy, notando: "ele está de azul"

10.set.2019 - Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos do Brasil,Damares Alves - RENATO COSTA /FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO
10.set.2019 - Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos do Brasil,Damares Alves Imagem: RENATO COSTA /FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

Do Universa, em São Paulo

14/01/2020 11h11

Resumo da notícia

  • A ministra Damares Alves pediu aos seguidores que não ataquem Bento, filho de Thammy e Andressa
  • "Ele é apenas um bebê, uma criança que precisa ser respeitada e protegida", escreveu
  • Ministra também notou que, em foto, Thammy e Bento estão de azul, e Andressa de rosa
  • "Amei! É isto que sempre digo: as crianças vestem a roupa que a família desejar", disse

A ministra Damares Alves, que ocupa a pasta da Mulher, Família e Direitos Humanos no governo de Jair Bolsonaro, foi ao Twitter para pedir que seguidores não ataquem Bento, o filho recém-nascido de Thammy Miranda e Andressa.

"Por favor, vamos respeitar o bebê. Peço aos meus seguidores e amigos que não cometam o erro de compartilharem palavras negativas contra o bebê tão somente por pensarem diferente de Thammy", disse.

"Não gostei do que andei lendo nas redes sobre o Bento. Ele é apenas um bebê, uma criança que precisa ser respeitada e protegida", escreveu ainda.

"Apesar de nossas divergências ideológicas, quero que Thammy e Andressa saibam que estamos trabalhando muito para que Bento tenha um país melhor, mais seguro e onde as pessoas sejam respeitadas", continuou.

Damares ainda notou que, na foto publicada por Thammy, ele está usando uma camiseta azul, assim como Bento, enquanto Andressa está de rosa. A ministra foi criticada, no ano passado, quando disse em discurso que "meninos devem vestir azul, e meninas rosa".

"Amei! É isto que sempre digo: as crianças vestem a roupa que a família desejar sem nenhum patrulhamento, como já estava começando a acontecer no passado recente. Deus te abençoe lindo menino! E que Deus abençoe todas as crianças de meu país", completou Damares.

Política