PUBLICIDADE

Topo

Stalkeadas

Um olhar diferente sobre o que bomba nas redes sociais


Motorista que deixou passageiro na rua explica história: "Sem acreditar"

De Universa, em São Paulo

07/01/2020 11h08

O motorista de aplicativo que deixou um passageiro na rua sem querer e virou meme na manhã de hoje deu sua versão sobre o caso, afirmando estar "sem acreditar" no que aconteceu (assista ao vídeo).

Nos stories do Instagram, Matheus deu um longo depoimento detalhando a "viagem solitária" que fez no Rio de Janeiro. "Ele [passageiro] estava com uma mala de carrinho, uma mala preta do Darth Vader. Eu ainda abri o vidro e falei 'você quer botar a mala no porta-malas?' e ele falou 'não, eu boto aqui atrás'. Falei 'então, tá bom'.

"Ele abriu a porta traseira do meu carro e eu tenho certeza absoluta que esse homem entrou no banco de trás e botou a mala. Quando bateu a porta, fui embora com o carro. Nas preferências dele do Uber, está dizendo que gosta de temperatura fria e viajar em silêncio. Fui viajando em silêncio, respeitando ele", continuou.

A partir daí, a história começou a ficar "tensa" para o motorista. "Quando eu tava chegando pertinho da casa dele, falei 'você mora no lado esquerdo ou direito?". Ele não me respondeu. Olhei no retrovisor e não o vi. Falei 'ele deve estar caído no banco de trás'. Gente, só tinha a mala daquele filho da p... e eu já comecei a pensar em um monte de história sobrenatural, que taxista conta".

Nesta parte da história, entra Maria Eduarda, nome figurou nos assuntos mais comentados do Twitter por conta do caso. "Me ajeitei no banco, olhei direito e falei 'gente, cadê esse homem?'. Nisso, a Maria Eduarda estava me mandando mensagem. Fico arrepiado só de falar".

Depois disto, Matheus contou que ligou para o passageiro e retornou ao local de embarque. Lá, o encontrou e pediu para que ele abrisse a mala, para garantir que ela não havia sido aberta.

No fim, ele brincou com a situação e afirmou que a história é daquelas que "se contar, ninguém acredita"... nem a Maria Eduarda!

Stalkeadas