PUBLICIDADE

Topo

Diversidade

Farmacêutico humilha mulher transgênero ao impedir compra de hormônios

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Da Universa

23/07/2018 16h05

Por meio de um post no American Civil Liberties Union (ACLU), Hilde Hall relatou ter sido humilhada por um farmacêutico no estado de Arizona, nos Estados Unidos.

No texto, a mulher transgênero revela ter levado a prescrição médica para comprar os hormônios em uma das unidades da CVS, rede farmacêutica norte-americana, mas teve o processo dificultado por um dos profissionais que a atendeu.

Veja também 

“Ele ficava me perguntando, alto e na frente de todo mundo, porque eu estava lhe dando aquela receita”, escreveu Hilde, complementando com o fato de que isso não faz parte do procedimento dos farmacêuticos e integrava um abuso de poder e transfobia, a fim de expor sua privacidade entre os presentes.

Hilde disse ainda que o farmacêutico, após ter se recusado a preencher a receita, recusou-se também a devolvê-la, impedindo-a de comprar seus hormônios em outro lugar.

Em comunicado enviado à "Teen Vogue", a CVS afirmou que o farmacêutico foi demitido por “violar as normas da companhia e não refletir seus valores e compromisso de inclusão”.

Diversidade