Topo

Personagens negros e asiáticos protagonizam apenas 1% dos livros infantis

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Da Universa

18/07/2018 14h38

A representatividade é um assunto que vem sido pautado cada vez mais em diversas áreas. Mas, segundo uma pesquisa inglesa, o tema ainda é pouco presente no universo infantil.

De acordo com o Arts Council England e o Centro de Alfabetização no Ensino Primário, apenas 1% dos livros infantis têm como protagonistas personagens negros, asiáticos ou de quaisquer outras minorias étnicas.

Veja também 

A pesquisa afirma que, em 2017, foram publicados 9.115 livros e apenas 391 deles tinham algum desses personagens como principais na história. Outro ponto abordado por eles é o de que, quando presentes, os personagens representavam papéis estereotipados.

“Devemos investir nossas energias na variedade de realidades presentes em nossas salas de aulas e garantir que isso se traduza nas páginas dos nossos livros. A representação nos livros infantis é importante para todas as crianças. A falta de diversidade impacta na forma como os jovens leitores veem a si mesmos e ao mundo ao seu redor”, comentou o diretor do estudo, Farrah Serroukh.

Diversidade