PUBLICIDADE

Topo

Sexo

Três mulheres mandam a real sobre as delícias (e dificuldades) do plug anal

Letícia Rós

Colaboração para Universa

09/03/2018 04h00

O plug anal é um acessório para estímulo do ânus, indicado para a iniciação do sexo anal. Tem de vários tamanhos, materiais e formatos. A seguir, mulheres contam de que forma usam o brinquedo erótico e quais sensações ele provoca. 

“Quando estou a fim de fazer sexo anal, uso antes e chego na hora em ponto de bala”

“Durante o sexo, dou o plug na mão do namorado para ele brincar em mim. Ele coloca e tira, coloca e tira... Também gosto que ele deixe dentro do meu ânus, quando estou sendo penetrada na vagina. Se fico de quatro, sinto como se ele estivesse cutucando o plug por dentro. E tem ainda a sensação da dupla penetração, que é ótima. Como o meu plug é pequeno e anatômico, nem sempre uso lubrificante, porque ele entra com facilidade. O que faço sempre é higienizar muito bem –com água e sabão neutro– antes e depois do uso. O lubrificante só é essencial para mim se vou ficar mais tempo com o plug. Às vezes, sozinha, fico com ele dentro de mim durante uma ou duas horas... É para quando estou muito excitada e quero me curtir (só que para sentar incomoda). Ou também quando estou a fim de fazer sexo anal. Aí, se uso antes, chego na hora em ponto de bala, com o ânus relaxado.”
Ana, 43, esteticista

Veja também:

“Sem segurar durante a penetração não dá certo!”

“Quando fui dona de uma loja virtual de produtos eróticos, eu e meu marido tínhamos o lema de experimentar tudo o que vendíamos. O plug anal foi uma das nossas primeiras escolhas. Compramos o de metal, com uma pedra na ponta (alguns chamam de joia anal). Era pequeno, com cerca de 5 cm de comprimento e 3 cm de espessura. Combinamos de eu usar na rua, para fantasiar um pouco. Mas como ele era de metal, com o passar do tempo, fica pesado. E se você não estiver de calcinha, ele cai para fora. Não doía ou dava prazer, só estava lá. Depois, testamos usar durante o sexo. Mas com a penetração vaginal, ele também saiu, porque a pele fina entre o canal da vagina e o ânus, empurra o plug para fora.  Achamos que o problema era o tamanho, mas compramos um maior e também saiu durante a penetração. Então, experimentamos um com alça, que permite que você segure enquanto faz a penetração. Esse foi legal! As posições melhores são de costas ou de quatro, porque ele acaba segurando e ainda consegue dar um movimento com o plug. Mas, se não segurar, dá errado!”
Carolina, 28, social media

“Uso o plug de rabinho para fazer pet play”

“Tenho mais de um, mas todos em formato de gota. Quando comprei o primeiro, já tinha pesquisado bastante sobre o assunto e conversado com quem usava. Por isso, comprei uns menores e fui trocando por maiores com o tempo. Hoje os que mais uso são o com uma pedra na ponta e com rabinho [como se fosse uma cauda de animal], porque pratico ‘pet play’ [modalidade fetichista que envolve se comportar como um animal]. Estar com o plug me ajuda muito no prazer e me faz gozar mais fácil –sempre aplico lubrificante antes. Uso tanto para me masturbar quanto no sexo a dois. Sinto que o plug anal deixa a vagina mais apertada no ponto certo, porque a hora que estou sendo penetrada, algum ponto é estimulado e me leva a loucura sem machucar. Não gosto de usar quando estou de bruços, com o parceiro por cima, porque a base dele machuca minhas nádegas.”
Larissa, 19, autônoma

Sexo